Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

DIG assume investigação sobre grávida desaparecida

Polícia
24 de setembro de 2014

taniaA Polícia Civil de Marília assumiu a investigação que apura o desaparecimento da adolescente Tânia Barros, de 17 anos.

A jovem, que estava grávida de quatro meses,  foi vista no último dia 12 de junho em Ocauçu (42 quilômetros de Marília). Segundo testemunhas, ela foi vista entrando na casa de um suposto namorado, um homem de 60 anos.

A Polícia trabalha com as hipóteses de fuga ou homicídio e inclusive a quebra do sigilo telefônico da moça foi pedida.

Voluntários do grupo Sicoe Anjos da Guarda, que integra a Defesa Civil de Marília , Polícia Militar, familiares e outros voluntários de Ocauçu, percorreram áreas de difícil acesso na área rural do município, mas nenhuma pista de Tânia foi encontrada na época.

O suposto namorado foi ouvido pela polícia. Ele negou o envolvimento dos dois e afirmou ainda que não via Tânia há muito tempo. No entanto, a família da jovem diz que todos sabiam do envolvimento dos dois e que ele seria o pai do bebê que ela espera.