Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Viagem que levará brasileiro ao espaço ocorre neste sábado

Tecnologia
04 de junho de 2022

A viagem ao espaço do brasileiro Victor Hespanha a bordo de um foguete da Blue Origin já tem nova data: 4 de junho. A viagem foi confirmada pelo perfil da empresa de Jeff Bezos no Twitter, que indicou que a janela de lançamento ocorrerá a partir das 10h – as condições climáticas e técnicas podem atrasar a viagem.

Inicialmente, a viagem estava marcada para 20 de maio, mas ela foi adiada após a empresa detectar falhas em sistemas de segurança. Hespanha será o segundo brasileiro a ir ao espaço, 16 anos após o ex-ministro e astronauta Marcos Pontes olhar a Terra lá de cima. Porém, ao contrário de Pontes, Hespanha não precisou de especialização técnica ou científica para se preparar para a empreitada.

O engenheiro de produção de 28 anos fará parte da tripulação do quinto voo do New Shepard, foguete da empresa Blue Origin, fundada pelo dono da Amazon, Jeff Bezos. Além disso, Hespanha não precisou desembolsar milhões de dólares e nem entrar em uma fila para fazer o voo, como fizeram empresários e celebridades: ele investiu cerca de R$ 12 mil em NFTs, criptoativos colecionáveis e exclusivos cujo mercado tem crescido muito nos últimos anos, e foi sorteado para a viagem.

Os ativos no caso são da Crypto Space Agency (CSA), agência espacial criada para unir a tecnologia da indústria espacial com o poder financeiro do mercado cripto. Ou seja, uma forma de apoiar a indústria por meio de dinheiro de terceiros.

Blue Origin

Esta será a quinta missão tripulada realizada pela Blue Origin. A primeira delas aconteceu em julho de 2021 e contou com a presença do próprio Jeff Bezos. Desde então, a Blue Origin já levou ao espaço personalidades como o ator William Shatner (conhecido por interpretar o personagem capitão Kirk, no seriado Jornada nas Estrelas e Laura Shepard, filha do astronauta Alan Shepard (o primeiro norte-americano a ir para o espaço). A última missão da Blue Origin ao espaço foi em março de 2022.

Diferentemente dos voos para a Estação Espacial Internacional, que está em órbita a 408 km de distância da Terra, a nave New Shepard faz uma viagem suborbital: o objetivo é cruzar a linha de Karman, a 100 km de altitude, que, por convenção internacional, marca o início do espaço sideral. No total, a viagem deve ter cerca de 10 minutos de duração, e terá três etapas, cada uma com suas particularidades: o lançamento do foguete, a separação da cápsula com os passageiros e o retorno da tripulação à Terra em queda livre com paraquedas.

Mirando o barateamento das viagens espaciais, a Blue Origin usa uma técnica de reutilização de foguete, em que o lançador desce verticalmente para a Terra depois de cumprir o objetivo de lançar a cápsula – é um método também explorado pela SpaceX. A New Shepard é composta por um lançador de quase 16 metros de altura e uma cápsula semi-oval na ponta. Atinge uma aceleração superior a Mach 3, ou seja, três vezes a velocidade do som.

A cápsula tem seis poltronas reclináveis de couro com acessos para janelas de 110 cm de altura por 73 cm de largura.