Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022
Home

gaorta

07 fev 2019

MC Melody tenta abandonar imagem erotizada e aparece com visual infantil

MC Melody. (Foto: Divulgação)

Gabriella Abreu Severino, de 12 anos, é uma garota que tentou entrar no cenário musical do funk há dois anos. MC Melody, como ficou conhecida, se destacava pelos falsetes em paródias de Anitta, com “Vai Malandra”, e pela imagem extremamente sexualizada para uma jovem adolescente.

O Ministério Público chegou a retirar a página de Gabriella do Instagram do ar por causa disso. Na época, a carreira da garota era gerenciada pelo pai.

Em maio de 2017, MC Melody chorou e anunciou o fim da carreira. “Você que queria estragar meu sonho, minha carreira. Você conseguiu. Só tenho que agradecer a quem me ajudou, a quem quis ficar perto de mim. Muito obrigada”, desabafou na ocasião.

Quase dois anos depois, a menina apareceu em publicações no perfil oficial dela no Instagram com roupas infantis. A carreira profissional passou a ser gerenciada pela mãe, Glória Daiane Severino, que deu início paralelamente a um acompanhamento psicológico e psiquiátrico de Melody e da irmã, Bella Angel, de 14 anos, que também tinha um visual erotizado.

Nesta terça-feira, 5, a adolescente apareceu comemorando o aniversário de 12 anos com um vestido de criança, um bolo e uma decoração de unicórnio. “Meus 12 anos! Obrigada”, escreveu na legenda das fotos.

comentários
16 out 2015

Babá seduz menino de 13 anos no sofá

8mlg5rppou_826cuw3pz9_file

A britânica Mary-Ellen Mooney está bem enrolada com a Justiça do Reino Unido. A garota, que trabalhou como babá em Milton Keynes, sul da Inglaterra, foi presa, acusada de tentar seduzir um garoto de 13 na casa em que prestava serviços para cuidar de outra criança.

Ela teria, de acordo com a denúncia feita pelos pais do garoto, convencido o menino a passar a mão nela e a beijá-la. Na hora os donos da casa não estavam lá e Mary aproveitou para agarrar o moleque.

Mary-Ellen Mooney tem apenas 18 anos. Apesar da pouca idade da babá, o caso foi parar na Justiça por configurar abuso sexual de menor, de acordo com os leis do país .

A cena de sedução aconteceu no sofá da casa onde Mary-Ellen cuidava de uma outra criança, que chamou o amiguinho para ver TV com eles. Mary-Ellen teria então levado as mãos do menino de 13 anos sobre as partes íntimas dela.

A garota acusada disse que começou “abraçando o garoto”. Mary-Ellen admitiu ter conduzido a mão do menino em direção às partes íntimas dela. Ela então beijou o garoto, “mas sob consentimento dele”.

A babá reconheceu que queria fazer sexo com o garoto. Mas ele a deixou no sofá e foi embora. Contou ainda na corte que enviou e-mails para o adolescente, com fotos dela mesma pelada ou de biquíni.

O julgamento está marcado para 10 de novembro e ela corre risco de passar até cinco anos atrás das grades, ou ter a sentença transformada em trabalhos comunitários.

Fonte: R7

comentários