Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022
Home

gangue

20 jun 2016

Homem registra a própria morte no Facebook

20160617100150nayiz6ddNf

O estadunidense Antonio Perkins, de 28 anos, foi morto a tiros enquanto fazia uma transmissão ao vivo no Facebook. O caso aconteceu em um parque na cidade de Chicago, nos Estados Unidos.

Segundo as informações do Daily Mail, Antonio estava acompanhado de dois de seus três filhos quando algo chama sua atenção. “O que está acontecendo?”, pergunta o homem. Em seguida, ele é atingido por tiros no pescoço e na cabeça.

Antonio foi levado para um hospital da região, onde foi declarado morto horas depois. A polícia informou que o ataque foi realizado por uma gangue, que seria rival da qual Antonio supostamente fazia parte. A família da vítima, no entanto, nega que ele seja membro de algum grupo criminoso.

“Parem de julgar todo mundo. Parem de nos julgar. A vida dele realmente importava”, pediu uma amiga, identificada apenas como Tiffany.

Assista abaixo a partir dos 5:40.

Fonte: RedeTV!

comentários
25 jan 2016

Trio detido praticou pelo menos sete roubos em Marília

DSC05102a

Rodrigo Marcelino Jordão Emílio (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil esclareceu sete roubos ocorridos desde o mês de dezembro do ano passado em Marília. O desempregado Rodrigo Marcelino Jordão Emílio, de 24 anos, e dois adolescentes, de 17 e 15 anos, são acusados de praticarem os crimes.

O trio foi detido pela Polícia Militar no último dia 19 de janeiro, após realizar mais um assalto. Como publicado pelo Marília Notícia no dia, os criminosos abordaram uma motociclista no cruzamento das Avenidas Rio Brando e Saudade, zona oeste de Marília.

Um deles puxou a bolsa da vítima e arrancou em disparada em um Corsa prata. Uma testemunha presenciou a cena e anotou a placa do carro. Com a informação em mãos, a PM levantou o endereço ligado ao veículo e fez campana em frente da residência, na Avenida João Martins Coelho. Minutos depois, os bandidos chegaram no local e foram detidos ainda com os produtos do roubo.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Aéliton Roberto de Souza, no prosseguimento das investigações, a DIG identificou outros seis roubos praticado pela mesma gangue.

“Os objetos dos crimes também foram celulares e bolsas, sendo que cinco deles foram praticados por Rodrigo e seu sobrinho, um dos adolescentes. Apenas um dos roubos teve também a participação do menor de 15 anos”, disse Aéliton Roberto de Souza.

Ainda de acordo com o delegado, além do reconhecimento pessoal feito pelas vítimas, o adolescente de 17 anos confessou todos os roubos realizados. Ele disse que o tio sempre era o motorista “piloto de fuga” e o carro utilizado também era sempre o mesmo, pertencente à família.

O menor infrator esclareceu que não era utilizada arma de fogo. Eles apenas ameaçavam as vítimas, que apavoradas acabavam cedendo. Todos os celulares roubados foram vendidos para receptadores e o dinheiro partilhado entre os autores. Em seis dos sete roubos as vítimas eram mulheres.

O trio está em custódia cautelar, sendo que os adolescentes estão recolhidos na cadeia de Pompéia e Rodrigo foi encaminhado para a penitenciária de Marília. Ele poderá pegar uma pena de mais de trinta anos de reclusão.

Por determinação da Vara da Infância e Juventude, os menores poderão ficar até os 21 anos de idade na Fundação Casa. O delegado acredita ainda que o trio tenha praticado outros roubos e as investigações prosseguem.

Os casos

1 – 04.12.2015, às 16h na Avenida Castro Alves
2 – 29.12.2015, às 15h15 na rua Benedito Alves Delfino
3 – 30.12.2015, às 13h47 na Avenida Thimo Bruno Belucci
4 – 09.01.2016, às 15h na rua Wilson Dantas
5 – 09.01.2016, às 14h na rua Benedito Alves Delfino
6 – 13.01.2016, às 15h na rua Manoel Muller Tudel
7 – 19.01.2016, às 17h na Avenida da Saudade
DSC05105a

Carro utilizado nos roubos (Foto: Divulgação)

comentários