Desde 2014, mais de 47000 artigos.
,/2020

Protestos contra Dilma reúnem cerca 512 mil em 21 Estados

Geral
13 de abril de 2015

protesto

Ao menos 21 Estados e o Distrito Federal tiveram manifestações contra o governo Dilma Rousseff (PT) e contra a corrupção neste domingo (12). Foram registrados protestos no Distrito Federal e nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia, Pará, Maranhão, Amazonas, Alagoas, Goiás, Santa Catarina, Ceará, Pernambuco Sergipe, Paraíba, Acre, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Norte.

De acordo com o levantamento feito pelo UOL junto às Polícias Militares destes Estados, as manifestações reuniam ao menos 512 mil pessoas por todo o país.

São Paulo foi à cidade que obteve o maior número de manifestantes. Segundo a Polícia Militar, cerca de 275 mil pessoas compareceram as ruas para protestar contra o governo de Dilma. No interior, houve registro de protestos em Campinas (10 mil participantes), Ribeirão Preto (25 mil) e São José dos Campos.

Em Brasília, os manifestantes levaram cartazes contra a corrupção na Petrobras e um grupo pediu a intervenção das Forças Armadas. Segundo a PM, 25 mil pessoas participaram do ato.

Em Curitiba, mais de 40 mil pessoas participaram das manifestações. Um novo protesto na capital paranaense deve ocorrer em 29 de abril para apoiar o juiz federal Sergio Moro, que conduz judicialmente as ações da operação Lava Jato.

Em Belo Horizonte, as manifestações registram a presença de 9.000 pessoas, segundo a PM. No Rio de Janeiro, os atos contra ocorreram na avenida Atlântica, em Copacabana, onde milhares de pessoas fizeram uma passeata. Durante o protesto, houve casos de hostilidade entre pessoas com opiniões políticas divergentes. Um homem que tentou defender o PT e o governo Dilma chegou a ser retirado do local pela PM para evitar uma pancadaria. Uma mulher foi agredida verbalmente pelo mesmo motivo.

Em Porto Alegre, a Brigada Militar estima em 35 mil pessoas participando do ato contra o governo federal. Não foi registrado nenhum incidente. Em Salvador, cerca de 4.000 pessoas participaram dos protestos.

Em Florianópolis, cerca de 800 pessoas participavam do protesto. Os manifestantes se confundem com os moradores que usam a área para passeios dominicais. Ainda no Estado, uma mulher foi presa pela Polícia Militar em Balneário Camboriú por atropelar três motociclistas que se preparavam para os atos de protesto. Ninguém ficou ferido, mas as motos sofreram danos. A mulher tentou fugir e foi presa minutos depois.

Camisas com a frase “Fora, Dilma” e faixas que dizem “Todo poder emana do povo! E em seu nome deve ser exercida cidadania” marcam a manifestação em Cuiabá.

Fonte: UOL