Desde 2014, mais de 30000 artigos.
,/2018

Preso morre após internação no HC e família busca esclarecimento na polícia

Polícia
14 de setembro de 2018

A família do marceneiro Ivan Dutra Xavier, de 34 anos, busca esclarecimento de sua morte registrada no Hospital das Clínicas (HC) de Marília nesta quinta-feira (13).

Conforme o Boletim de Ocorrência, Xavier foi preso em flagrante em uma tentativa de roubo que ocorreu no dia 6 de agosto, quando o acusado foi imobilizado por outro homem, uma testemunha, até a chegada da Polícia Militar.

Após uma audiência de custódia, o marceneiro foi encaminhado para a Penitenciária de Marília, onde permaneceu até o dia 19 de agosto, quando foi transferido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o HC.

A genitora do indiciado informou à polícia que visitou o filho no dia 8 de agosto e seu estado de saúde era normal. Ele não apresentava nenhuma doença pré-existente, como edema pulmonar, hipertensão e insuficiência renal.

Conforme o Marília Notícia apurou, Xavier estava no setor de inclusão da Penitenciária e outros presos informaram que escutavam o marceneiro agonizar de dor durante as noites. Os presos teriam alertado os agentes penitenciários, que supostamente entregavam analgésicos para aliviar as dores do marceneiro.

Ainda de acordo com a ocorrência, Xavier teria sido transferido para uma cela isolada com o agravamento do seu estado de saúde, até ser transferido para o hospital de Marília. O detento permaneceu internado por 20 dias até o registro do óbito.

A mãe do marceneiro informou que a médica responsável pela internação do filho não informou quais seriam as causas de sua morte. A mulher registrou um Boletim de Ocorrência para tentar esclarecer o que aconteceu com Xavier. A Polícia Civil segue investigando a morte suspeita.

O MN questionou tanto a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) como o Complexo da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), responsável pelo HC, sobre as causas da morte do detento, mas até a publicação desta reportagem nenhuma resposta foi obtida.