Desde 2014, mais de 48000 artigos.
,/2020

Daniel revoga licitação com investimento em 30 praças

Cidade
31 de julho de 2020

A administração municipal revogou nesta sexta-feira (31) a licitação que previa R$ 6,5 milhões para reformar e construir 30 praças e áreas de lazer espalhadas por toda as regiões e distritos de Marília.

O dinheiro é oriundo de um financiamento que totaliza R$ 23 milhões a serem aplicados em pavimentação, recapeamento, praças e parques.

No termo de revogação que consta no Diário Oficial do município, existe apenas a informação de que o edital deve ser adequado.

Recentemente a licitação para reforma de uma praça específica – e bastante emblemática, a Maria Izabel, no Centro – também foi revogada. Naquele caso o serviço deverá ser executado pela Codemar.

Ao Marília Notícia o secretário da Fazenda, Levi Gomes, afirmou que não deve acontecer o mesmo com a licitação das 30 praças – que deve ser aberto novo edital.

“Nós pretendemos incluir mais praças no certame, e reduzir os investimentos em alguns pontos, para fazer mais com o mesmo valor, por isso foi feita a revogação”, comentou Levi.

Não há prazo para sair a nova licitação, mas a administração municipal tem pressa em anunciar a contratação e assim capitalizar o bônus político a tempo das eleições deste ano.

Financiamento

A assinatura do contrato saiu em fevereiro, seis meses após a Câmara de Marília aprovar a contratação do crédito. Cinco vereadores se posicionaram contra, mas foram vencidos.

Uma das controvérsias envolvendo a aprovação do empréstimo no Legislativo foi a falta de especificações, na ocasião, sobre quais praças seriam beneficiadas.