Desde 2014, mais de 44000 artigos.
,/2020

Prefeitura pede doação de máscara, luvas e álcool para Saúde

Cidade
25 de março de 2020

Fornecedores da Prefeitura não possuem produtos para entrega imediata (Foto: Divulgação)

Devido à grande demanda em todo o Estado e também no país, as empresas fornecedoras de materiais de Equipamento de Proteção Individual (EPI) não estão conseguindo fazer a entrega aos clientes e a Prefeitura de Marília, por meio das secretarias municipais de Saúde e de Assistência e Desenvolvimento Social, está solicitando a doação desses materiais a quem possa ter em estoque.

Mais cedo o Marília Notícia já havia divulgado um pedido da administração municipal específico para a Assistência. Agora, foi emitida uma nova nota com solicitação de materiais para a pasta da Saúde.

Os produtos, como máscaras cirúrgicas, luvas e álcool em gel, são utilizados pelos profissionais da Saúde e da Assistência – equipes da abordagem social, Fumares (Fundação Mariliense de Recuperação Social) e Casa Cidadã – no atendimento direto à população.

“A gente sabe que é uma dificuldade que todas as prefeituras estão encontrando. A compra desses equipamentos já foi feita há algum tempo, mas os fornecedores não conseguem fazer a entrega devido à grande demanda. Ainda temos um pequeno estoque, mas é necessária essa preocupação, pois o nosso atendimento aumentou significativamente, principalmente na Casa Cidadã”, disse a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Wania Lombardi.

Ela destacou que, pelo fato dos ônibus intermunicipais também não estarem circulando, o número de pessoas de outras cidades que não puderam sair de Marília, também aumentou.

(Foto: Divulgação)

“A maioria dessas pessoas está procurando a Casa Cidadã e estamos atendendo. Os nossos servidores estão orientados a tomarem os devidos cuidados e precauções e por isso esses materiais são de suma importância para que a saúde deles também seja preservada”, afirmou Wania.

Já na secretaria da Saúde, a coordenadora de Serviços Administrativos, Edinalva Neves Nascimento, esclareceu que as compras são feitas periodicamente, mas atualmente não há fornecedores para a entrega.

“Estamos precisando principalmente de máscaras cirúrgicas e álcool em gel. Temos ata aberta para este tipo de compra, mas os fornecedores não conseguem entregar. Por isso, estamos fazendo essa chamada de doação. A gente acredita que alguns comerciantes e empresários possam ter em estoque esses materiais e esperamos recebê-los em breve. Assim não correremos o risco de faltar para os nossos profissionais”, disse Edinalva.

Os interessados em fazer a doação podem entrar em contato pelos telefones 3401-2450 (Assistência e Desenvolvimento Social) e 3402-6500 (Saúde). Ambas as secretarias se disponibilizam a buscar os itens, independente da quantidade a ser doada.