Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Canalização em ETEs deve custar mais R$ 1,6 mi aos cofres

Cidade
11 de julho de 2022

Foi homologada a licitação para contratação de empresa para execução dos emissários de interligação (canalização) das redes de esgoto para as Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) Barbosa e Pombo.

A empresa vencedora da licitação foi a Replan Saneamento e Obras, e a obra deve custar aos cofres públicos pouco mais de R$ 1,6 milhão.

A homologação foi publicada na edição do Diário Oficial do Município de Marília (Domm) do último sábado (9). O prazo para execução das obras é de 120 dias. A garantia do serviço será de cinco anos.

A contratação para o serviço ocorre menos de um mês depois de a Prefeitura aprovar na Câmara a concessão do Departamento de Água e Esgoto (Daem) para a iniciativa privada.

Uma das emendas aprovadas, inclusive, determina que a cobrança do esgoto pode chegar a 100% da tarifa correspondente ao consumo de água, quando os rejeitos da cidade forem tratados na totalidade. O percentual aplicado hoje para o serviço é de 75%.