Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Prefeito Daniel Alonso anuncia chegada de réplicas de dinossauros

Cidade
02 de julho de 2022

Prefeito Daniel verifica peça artística (Foto: Mauro Abreu/Prefeitura de Marília)

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) anunciou que devem chegar a Marília, neste sábado (2), as duas réplicas de dinossauros que vão fazer parte do novo Museu de Paleontologia.

O chefe do Executivo também anunciou que será inaugurado em agosto o museu e novo Centro de Cultura, que fica na avenida Sampaio Vidal, esquina com a Rio Branco, no Centro de Marília.

A réplica do Dino Titã que ficará na área externa do museu mede 3,90 metros de altura por 12m de comprimento, pesa quase uma tonelada e demorou 120 dias para ser confeccionada.

Já a réplica do Abelissauro tem 1,80m por 4m de comprimento e ficará dentro do Museu – a peça ficou pronta em 90 dias. As esculturas foram confeccionadas pelo paleoartista Anilson Borges dos Santos.

Réplica é transportada em caminhão (Foto: Mauro Abreu/Prefeitura de Marília)

“Demoramos um pouco para inaugurar o nosso novo museu e o Centro de Cultura, mas vai valer a pena. Vamos entregar para Marília um verdadeiro complexo cultural que vai servir Marília e atrair toda a região, a começar por essas réplicas que desde já poderão ser contempladas pela população”, garante Daniel Alonso.

As réplicas que foram confeccionadas no Estado da Bahia chegarão neste sábado (2) e o próprio artista fará a instalação que deve demorar pelo menos três dias. A vinda das esculturas percorreu pelo menos três estado diferentes e demorou quase duas semanas para chegar à cidade.

O Centro Cultural de Marília, que fica em um histórico prédio da cidade, vai abrigar o Museu Histórico e Pedagógico “Hélio Antônio Scarabôtolo”, o Museu de Paleontologia, a Galeria Municipal de Artes, o Auditório Municipal “Octavio Lignelli”, a Sala Municipal de Projeções “Emílio Pedutti Filho”, a Associação dos Deficientes Visuais de Marília (Adevimari) e um ramal da Biblioteca Braille “Delmir Cerissa”.

Toda a reforma do Museu de Paleontologia contou com parte de uma verba do Governo Estadual depois que Marília conquistou o título de Município de Interesse Turístico (MIT). Já a reforma completa do prédio do novo Centro Cultural contou com a ajuda de empresas marilienses, como a Marilan, Menin Engenharia e outras.