Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Pompeia encaminha 172 para cirurgia oftalmológica

Regional
01 de agosto de 2022

O Departamento de Higiene e Saúde (DHS) de Pompeia (distante 31 quilômetros de Marília) encaminhou nos últimos dias mais de 170 pedidos de cirurgias de pacientes que aguardam pelos procedimentos de catarata e pterígio. São 88 da primeira e 84 da segunda.

Os pacientes devem ser chamados de maneira gradativa ao longo das próximas semanas, afirma o DHS.

A catarata ocular é uma doença em que o cristalino, a lente natural dos olhos, perde sua transparência e começa a ficar opaca. Ela pode causar perda parcial ou total da visão (cegueira), além de deixar a visão turva ou embaçada, diminuir a visão noturna e causar fotofobia (hipersensibilidade à luz). Essa condição se desenvolve lentamente, muitas vezes passando despercebida antes de causar algum sintoma mais grave.

Já o pterígio, também conhecido por “carne nos olhos” ou “carne crescida”, nada mais é do que uma membrana que avança sobre a córnea, ou seja, invade a superfície ocular, em direção ao centro, podendo atingir a pupila.

O superintendente do DHS, Adalberto Bento, comemora o avanço e destaca que parcerias como esta, conquistadas graças ao empenho da atual gestão, são importantes para atender a demanda da população, evitando filas de espera causadas em situações de dependência única do SUS.

“Estamos encaminhando todos os nossos pacientes que aguardam pelas cirurgias, certos de que este pós-operatório trará melhorias significativas e mais qualidade de vida, afinal, recuperar a visão é muito importante para qualquer pessoa”, diz.

A Prefeitura de Pompeia vem investindo em ações na saúde pagas com recursos próprios, saindo na frente mesmo após a divulgação de novos repasses para cirurgias em atraso, encaminhados pelo Governo do Estado de São Paulo.

“Vamos fazer o possível para continuar a oferecer mais qualidade de vida aos nossos munícipes. A saúde é e sempre será prioridade em nossa administração”, conclui a prefeita Tina Escorce (PTB).