Desde 2014, mais de 69000 artigos.
,/2022

Novo bosque recebe plantio de árvores frutíferas

Cidade
14 de maio de 2022

Projeto prevê o plantio de árvores frutíferas de diversas espécies (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Limpeza Pública segue avançando com o Projeto Minha Cidade é Verde, implantando bosques temáticos em áreas públicas ociosas.

Após a criação do Bosque dos Ipês Amarelos, Bosque das Flores e Bosque dos Pássaros, sendo este com árvores frutíferas nativas que servirão de abrigo e alimentação à avifauna silvestre, agora a Divisão do Meio Ambiente iniciou o projeto “Bosque Pomar Urbano”, que receberá o plantio de centenas de árvores frutíferas de várias espécies, destinadas ao consumo das crianças.

Vanderlei Dolce, secretário da pasta, destaca a participação popular em ações ambientais e orienta àqueles que desejarem desenvolver ações semelhantes em seus bairros.

“Temos como meta arborizar Marília como nunca antes visto, tornando nossa cidade referência regional neste tema. Porém, não será uma mera arborização, mas estamos trabalhando com planejamento, desenvolvendo projetos com espécies que trarão a beleza das flores e os benefícios da alimentação aos seres vivos. Neste Pomar Urbano plantaremos diversas espécies de frutas destinadas às crianças, como amoras, mangas, jabuticaba, goiabas, caqui, laranja, poncã, dentre outras espécies que consumimos em nossa alimentação rotineiramente. Todo esse trabalho fantástico só é possível, graças a grande participação popular que nos ajuda a cuidar das áreas ocupadas pelos projetos. Convidamos aqueles que desejarem levar a seus bairros ações semelhantes, que entrem em contato conosco, para que nossa equipe técnica visite o local desejado e elabore um projeto que satisfaça a população local”, afirmou o secretário.

Cassiano Rodrigues Leite, chefe do Meio Ambiente, explica que – através da gestão participativa – o município tem conseguido grande apoio da população em várias frentes sustentáveis.

“Muitos estão colaborando com a coleta seletiva descartando nos ecopontos, outros nos procuram para desenvolver hortas urbanas, plantios de árvores, proteção de nascentes, e isso tem trazido grandes resultados à sociedade, principalmente pelo fato de estas áreas públicas antes ociosas, que recebiam descartes de lixo e sofriam queimadas, além de servirem de abrigo a animais nocivos e peçonhentos, como escorpiões e mosquito da dengue, que causam graves riscos à saúde, agora passam a receber intervenções ambientais de qualidade, onde limpamos toda sujeira existente, preparamos o solo e desenvolvemos projetos que beneficiarão a atual e futuras gerações. Deixaremos um legado que refletirá positivamente durante décadas em nossa cidade”, conta.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (14) 3408-6700.