Desde 2014, mais de 52000 artigos.
,/2020

Moradores assinam contratos do Residencial dos Ipês em Pompeia

Regional
21 de novembro de 2020

‘Eu não imaginava que poderia conseguir sair do aluguel tão rapidamente’, disse Franciele de Almeida ao assinar contrato (Foto: Carlos Rodrigues/Marília Notícia)

Esta sexta-feira (20) foi um dia de realização de sonhos para mais 47 famílias de Pompeia (distante 32 quilômetros de Marília), que assinaram os contratos com a Menin Engenharia e com a Caixa Econômica Federal, garantindo casa própria no Residencial dos Ipês.

O bairro planejado, com terrenos de 160 m² e imóveis garantidos pela qualidade Menin, contará com 259 residências. Desse total, 91 já estão com obras adiantadas. Agora começa uma nova etapa, com mais 47 casas.

O Residencial dos Ipês será o novo endereço da auxiliar de estoque Franciele de Almeida, de 23 anos, que mora com a mãe. Atualmente elas pagam aluguel de R$ 600. A prestação da casa nova – e própria – vai sair por apenas R$ 570.

“Eu não imaginava que poderia conseguir sair do aluguel tão rapidamente. No meu trabalho algumas pessoas foram atrás e fecharam contrato. Isso animou, então procurei saber e levei os documentos. No dia seguinte já me ligaram dizendo que tinha dado certo”, contou a jovem.

Projeção da fachada dos imóveis (Imagem: Divulgação)

Nesta sexta, durante a assinatura dos contratos, os 47 futuros moradores foram até a Caixa – em horários agendados, ao longo de todo o dia – e já saíram com todas as orientações sobre os compromissos financeiros, prazos e as vantagens do melhor investimento de Pompeia.

Destaque para o grande número de jovens, como o operador de máquinas Gabriel Aparecido dos Santos, de 21 anos. Ele e a namorada pensam em casamento e esperam que a casa própria possa acelerar os planos.

“Eu não estava esperando. Achava que seria mais difícil conseguir, mas mandei os documentos e deu tudo certo. Estive na casa modelo. O padrão de construção é muito bom, o lugar é excelente. A casa própria vai vir muito antes do que eu imaginava”, revelou o rapaz.

Agora Gabriel já faz planos com a namorada para o futuro (Foto: Carlos Rodrigues/Marília Notícia)

“A oportunidade é boa. A área vai se valorizar muito rapidamente, mas nem foi só por isso que comprei. É perto do distrito industrial, uma região boa, com entrada bem facilitada”, relatou o almoxarife André Luiz da Costa Rocha, de 23 anos.

Sucesso em Pompeia

O coordenador de empreendimento da Menin, William Marchetti, lembra que o Residencial dos Ipês já se posicionou como o melhor empreendimento em sua faixa de mercado no município de Pompeia. A parceira local é com a empresa Roberta Imóveis.

“O aluguel é mais um mês, a casa própria é menos um mês. Muita gente não sabe, mas o valor que se paga em um imóvel de terceiros, pode ser maior do que o custo mensal de uma casa pela Menin, com a qualidade que já consagrou os nossos empreendimentos”, garante.

No Residencial dos Ipês, as casas – não geminadas – contam com dois quartos, piso frio, metais, acessórios e louças de qualidade, com a possibilidade de ampliação da área construída, em terrenos com 160 m².

André Luiz, de 23 anos, vê valorização (Foto: Carlos Rodrigues/Marília Notícia)

A casa decorada pode ser visitada de segunda a sábado, das 9h às 17h e aos domingos, das 9h às 13h. O prazo de construção é de 24 meses após a assinatura dos contratos.

Os financiamentos são feitos pela Caixa Econômica Federal em até 360 meses, com o subsídio do programa federal Casa Verde e Amarela. Os juros são os menores do segmento da habitação, o que permite prestações acessíveis.

Mais informações podem ser obtidas pelo site site da Menin [clique aqui] ou ainda na Roberta Imóveis, localizada na avenida Expedicionários de Pompéia, 526 – Centro. O telefone, com WhatsApp, é o (14) 9 9641-8358 [clique aqui para falar].

Franciele paga R$ 600 de aluguel e irá pagar pela casa própria R$ 570 (Foto: Carlos Rodrigues/Marília Notícia)

Willian Marchetti, coordenador do empreendimento, com o futuro morador (Foto: Carlos Rodrigues/Marília Notícia)

(Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)