Desde 2014, mais de 52000 artigos.
,/2020

Marília soma 10 mil testes pra Covid-19 e anuncia troca de laboratório

Cidade
01 de agosto de 2020

Comitê participa de conferência com a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado (Foto: Divulgação/Prefeitura de Marília)

A secretaria municipal da Saúde de Marília atingiu nesta sexta-feira (31) a marca de 10.351 testes para Covid-19 realizados, sendo 2.015 somente nos últimos sete dias. O coeficiente de positividade no município está em 17,73% dos exames feitos.

A pasta anunciou ainda que vai passar a fazer exames com um laboratório local, para “escapar” da longa fila no laboratório do Estado. Não foi anunciado o valor do investimento, com a utilização do serviço contratado na cidade.

As novas decisões e resultados foram divulgadas durante pronunciamento do prefeito Daniel Alonso (PSDB) e da equipe técnica da Saúde, na noite desta sexta. Entre os mais de dois mil exames da semana, estão os testes em massa em policiais militares.

“Foi um inquérito epidemiológico muito importante. E temos feito vários, em grupos de alta vulnerabilidade da população. No caso dos policiais militares foram 512 testes, com coeficiente de 0,58% de positividade”, informou Alessandra Arrigoni, supervisora da Vigilância Epidemiológica.

Demora por resultados

Em relação aos exames pela metodologia RT-PCR, feitos em laboratório para detectar a presença do vírus, a saúde municipal comunicou mudança de estratégia.

“Temos tido grande dificuldade de respostas, o que podemos ver pelo grande número de casos aguardando (726 nesta sexta). Então foi decidido pela administração, com aval do Comus, que vamos voltar a fazer estes exames em Marília”, disse Alessandra.

A demora tem ocorrido no laboratório de referência do governo do Estado de São Paulo – Instituto Adolfo Lutz.

“A parceira vai ser retomada com o laboratório local (São Francisco), porque a lentidão estava comprometendo as ações de controle da Vigilância Epidemiológica e das unidades de saúde”, acrescentou.

A demora, segundo a supervisora, tem ultrapassado os 15 dias, gerando inclusive transtornos para que as pessoas com resultados negativos pudessem voltar mais rapidamente ao trabalho.

Indicadores

Durante a coletiva foram divulgados os indicadores da região de Marília em relação a evolução da pandemia e ocupação da rede de saúde.

O prefeito afirmou acreditar que na próxima semana – quando haverá reclassificação das regiões no Plano SP – Marília terá plenas condições de ingressar na fase amarela.

Daniel tem defendido que existem condições de segurança para uma reabertura, inclusive, maior que a fase amarela, pelos indicadores específicos do município.

Indicadores de Marília são bons (Imagem: Governo de São Paulo/Divulgação)