Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Covid é mais letal em idosos de 70 a 79 anos em Marília

Cidade
02 de agosto de 2022

Marília fechou julho com 14 mortes pela Covid-19 e 2.069 casos confirmados da doença. A cidade já contabilizou 1.112 vítimas, que não resistiram às consequências do coronavírus e morreram. Mais de 67% das pessoas que perderam a vida tinham mais de 60 anos, sendo que a faixa etária entre 70 e 79 anos foi a mais “letal” na cidade, com 22,84% dos óbitos.

De acordo com dados da Prefeitura de Marília, as vítimas da Covid-19, em sua maioria, eram idosas. Foram 254 mortes na faixa etária entre 70 e 79 anos, totalizando 22,84% dos casos registrados desde o início da pandemia. Logo em seguida vem a faixa de 80 anos ou mais, com 252 vítimas (22,66%). Em terceiro lugar aparece as pessoas entre 60 e 69 anos, com 240 óbitos, ou 21,58% do total.

Os idosos representaram 67,08% das vítimas da Covid-19. Foram 745 idosos, a partir de 60 anos, que morreram em decorrência da doença em Marília. A faixa etária entre 50 e 59 anos ficou em quarto lugar, com 193 mortes, totalizando 17,36% das 1.112 vítimas que perderam a vida.

Quanto menor a faixa etária menor o risco de morrer e o número confirmado de vítimas da doença. Entre 40 e 49 anos foram 102 vítimas, ou 9,17% do total. Foram 57 mortes (5,13%) na faixa etária entre os 30 e 39 anos, 11 mortes (0,99%) entre 20 e 29 anos, dois óbitos (0,18%) na faixa dos dez aos 19 anos, e apenas uma vítima (0,09%) até nove anos de idade.

A cidade conta atualmente com 59.466 casos confirmados da doença. Foram 2.069 registros em julho, com queda de 22% na comparação com o mês anterior, quando foram 2.646 confirmações. A média diária de casos também caiu no sétimo mês do ano. Foram registrados 66 casos por dia, contra uma média de 88 no mês anterior. As mortes caíram 7%. Foram 15 em junho e 14 em julho.