Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Lixo hospitalar contaminado é descartado de forma irregular

Regional
04 de agosto de 2022

Material hospitalar foi descartado de forma incorreta (Foto: Divulgação)

Durante a semana, os coletores de lixo domiciliar de Assis (distante 75 quilômetros de Marília) se depararam com duas situações em relação ao descarte adequado dos resíduos.

A primeira ocorreu na rua Doutor Geraldo Nogueira Leite, nas proximidades do Parque Dilson Luiz Rosseto (Parque da Juventude), onde o lixo foi disponibilizado fora do horário e acondicionado de forma incorreta, não respeitando as limitações da lixeira existente.

A segunda aconteceu no cruzamento entre as ruas Doutor Chicão Teixeira e João Ramalho, onde os servidores se depararam com uma caixa repleta de seringas, agulhas e demais materiais perfurocortantes que poderiam colocar em risco a saúde e integridade física dos coletores e população. Segundo a Prefeitura, o material foi provavelmente descartado por alguma clínica de maneira errada.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente enfatiza que a responsabilidade da execução de um descarte ambientalmente correto dos resíduos gerados pelos estabelecimentos que oferecem serviços de saúde (estética humana, bem-estar animal e outros) é do próprio gerador, que deve contratar uma empresa licenciada e habilitada para a execução da destinação final adequada dos mesmos.

Já em relação ao descarte do lixo doméstico, é importante realizar a separação do lixo orgânico/rejeito dos materiais passíveis de reciclagem, e haver respeito aos horários de coleta. Assis é um dos poucos municípios do Brasil em que a coleta de lixo domiciliar é realizada de segunda a sábado em todos os bairros.

O acondicionamento do lixo deve ser em sacos pretos resistentes ou em sacolas plásticas duplamente reforçadas, em uma quantidade que permita o fechamento total do conteúdo acondicionado.

Seguindo tais orientações, o cidadão respeitará o trabalho e a integridade do coletor, figura fundamental para a manutenção da limpeza do município e do bem-estar da sociedade.

O cidadão que verificar alguma situação de descarte incorreto de lixo doméstico e de demais resíduos deve denunciar no WhatsApp da Prefeitura, através do número (18) 3302-3300 [clique aqui para iniciar uma conversa].