Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Justiça condena homem que matou pai a pauladas na região

Regional
16 de julho de 2022

Pai foi morto a pauladas (Foto: Fernando Savioli/TV TEM)

A Justiça condenou Sidnei de Faria Júnior de 27 anos pelo assassinato do próprio pai, ocorrido em dezembro de 2020, em Bauru (distante 110 quilômetros de Marília).

O júri aconteceu esta semana e na sentença, assinada pela juíza Érica Marcelina Cruz, o acusado foi condenado a mais de 31 anos de prisão. Sidnei foi considerado culpado pelo crime de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, uso de meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima).

A sentença definitiva é de 31 anos, um mês e 13 dias de reclusão, em regime inicial fechado. A magistrada também negou o direito que o réu recorra em liberdade.

ENTENDA

O crime aconteceu em 26 de dezembro de 2020. A Polícia Militar foi acionada depois que Sidnei invadiu a residência de um vizinho contando que havia matado uma pessoa. Ele estava todo ensanguentado.

Quando os policiais chegaram já encontraram Sidnei de Faria de 59 anos sem vida. A vítima foi violentamente golpeada com um pedaço de pau.

O pai do réu teve um trauma profundo no tórax e outras lesões, que resultaram em afundamento da face e traumatismo craniano.

Na época Sidnei disse à polícia que agrediu o pai porque ele batia na esposa e nos filhos antes da separação do casal, que ocorrera mais de 20 anos antes, e porque ele se sentia abandonado pelo pai.

No entanto, o delegado do caso afirmou ter conversado com a família e que as acusações contra a vítima não procediam.