Desde 2014, mais de 49000 artigos.
,/2020

Doria anuncia recursos para região e Marília fica em segundo plano

Cidade
15 de agosto de 2019

Governador João Doria durante visita a Bauru (Foto: Divulgação)

O governador João Doria (PSDB) visitou Bauru nesta quinta-feira (15) para anunciar diversos investimentos para a cidade vizinha e municípios do Centro-Oeste Paulista.

No entanto, Marília, apesar da proximidade, não teve novas obras ou destinações de orçamento anunciadas pelo chefe do Executivo estadual. O município também não está no cronograma de visitas do governador.

Entre os anúncios feitos por Doria, está a compra de uma nova ressonância magnética para o Hospital Estadual de Bauru, orçada em R$ 3,9 milhões.

Na cerimônia o governador também assinou eletronicamente dez convênios da Secretaria de Desenvolvimento Regional com nove municípios da região. As cidades contempladas são: Lençóis Paulista (R$ 200 mil), Paulistânia (R$ 300 mil), Reginópolis (R$ 150 mil), Balbinos (R$ 300 mil), Avaí (R$ 300 mil), Uru (R$ 400 mil), Guarantã (R$ 300 mil), Mineiros do Tietê (R$ 300 mil) e Boracéia (R$ 100 mil).

Ao todo, serão destinados R$ 2,3 milhões para obras de infra-estrutura urbana e aquisição de veículos e equipamentos.

Autoridades acompanharam João Doria na cerimônia (Foto: Divulgação)

Bauru

Em Bauru, a aquisição do novo equipamento integra o programa “Melhor pra sua Saúde”, lançado em julho com intuito de investir na modernização e ampliação de serviços estaduais de saúde, englobando reformas, revitalizações e renovação do parque tecnológico até 2020.

“É um investimento elevado do governo do Estado que complementa as necessidades do hospital. Esse aparelho vai ajudar centenas de pessoas em seus exames de imagem, que levam 15 minutos para serem realizados e salvam vidas”, afirma o Governador.

Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde vai ampliar a oferta de cateterismos e angioplastias com apoio do Hospital das Clínicas de Botucatu (HCFMB). A medida foi adotada para garantir a continuidade da assistência aos pacientes, enquanto está em andamento a aquisição da nova hemodinâmica para o Hospital de Base, no valor de R$2,1 milhões.

Investimentos foram anunciados para toda região, menos Marília (Foto: Divulgação)

Também em Bauru, além da liberação dos recursos e inauguração de uma creche, foi confirmada a instalação da primeira unidade do SP + Perto, no primeiro semestre de 2020. O SP + Perto será um escritório, uma espécie de “Poupatempo das Secretarias”, com canal direto com as sedes na capital para facilitar a interlocução dos municípios com o governo do Estado.

“Mais de 300 repartições públicas, prédios antigos, funções que não são mais necessárias serão transformados em 15 escritórios regionais, com eficiência, tecnologia e sobretudo que possibilitarão mais investimentos aos municípios do interior do Estado de São Paulo”, afirmou Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional que fazia parte da comitiva.

As unidades serão destinadas ao atendimento da população, dos gestores públicos e empreendedores de todas as 15 regiões do estado. Após Bauru, virão as unidades de São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Presidente Prudente.

Ainda durante sua visita, o governador esteve no Centro de Operações da Geração de Energia da AES Tietê, para participar da inauguração das usinas de geração fotovoltaica Guaimbê e Ouroeste, as maiores já instaladas no Estado de São Paulo, com 300 MW de potência, somados. Com R$ 1,2 bilhão em investimentos, as unidades estão entre as mais relevantes geradoras de energia renovável no País.

Crianças receberão óculos do governo do Estado; Marília está na lista (Foto: Divulgação)

Marília

A única ‘conquista’ para Marília durante a passagem de Doria pela região, foi o anúncio da entrega de óculos para 46 alunos marilienses que cursam o 1º ano do ensino fundamental.

A iniciativa integra o programa “Visão do Futuro”, parceria entre as secretarias de Estado da Saúde e da Educação, que visa à prevenção e à recuperação da saúde ocular.

No total, 1.028 crianças matriculadas em 78 escolas estaduais foram avaliadas em serviços especializados em Oftalmologia de quatro regiões, e 32% deles receberam prescrição para uso de óculos, que serão fornecidos gratuitamente pelo governo, com apoio de óticas parceiras.

Em Marília, 153 alunos de nove escolas também foram avaliados no Hospital das Clínicas de Marília, e 46 deles (30%) receberão óculos. Apesar da confirmação dos óculos, nenhum prazo de entrega foi divulgado pela administração.