Desde 2014, mais de 48000 artigos.
,/2020

Famílias continuam ilhadas após chuva danificar ponte rural

Cidade
18 de fevereiro de 2020

Cabeceira da ponte foi levada há uma semana durante tempestade (Foto: Divulgação)

Aproximadamente cinco famílias e o escritório da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) continuam ilhados em uma área da Fazenda do Estado, na zona rural de Marília, uma semana após a cabeceira de uma ponte ser levada durante tempestade.

O volume do córrego Santa Helena, que corta a estrada municipal que liga Marília até Guaimbê, subiu e a forte correnteza provocou os estragos.

As famílias estão precisando de ajuda, pois não conseguem ir até a cidade ou comunidades vizinhas. Nem cavalo passa pelo local, segundo moradores ouvidos pela reportagem. Animais estão ficando sem ração e mantimentos básicos dos moradores começam a faltar.

Representantes do poder público local já estiveram na área (Foto: Divulgação)

Representantes da Prefeitura já teria ido até o local verificar o problema, inclusive a primeira-dama Selma Regina, mas a demora na tomada de atitudes práticas que resolvam a situação tem deixado moradores revoltados. Eles cobram medidas urgentes do poder público.

O Marília Notícia mostrou em reportagem na semana passada que as chuvas degradaram ainda mais o estado das estradas rurais do município. Além de enormes buracos provocados pela erosão, árvores e galhos fecharam os caminhos.

Moradores da Fazenda do Estado informaram ao site que foram avisados sobre a falta de pessoal, equipamentos e recursos para realização dos serviços necessários com mais celeridade.

Primeira-dama Selma Regina verificou o local, mas problema continua (Foto: Divulgação)

Outro lado

A Prefeitura de Marília foi questionada pela reportagem sobre o caso da ponte que teve as cabeceiras destruídas. A Prefeitura se manifestou por meio de nota, mas não deu prazo para resolver a situação. Veja o posicionamento oficial:

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria de Obras Públicas informa que devido as fortes chuvas vários pontos apresentaram problemas,  a Secretaria de Obras se organizou da melhor forma possível e essa demanda será atendida o mais rápido possível.