Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Deputados votados em Marília tendem a apoiar a PEC dos Benefícios

Cidade
12 de julho de 2022

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para ampliação dos benefícios sociais deve ser votada na Câmara dos Deputados de Brasília nesta terça-feira (12).

Se aprovada, será instituído estado de emergência para que os benefícios sejam estendidos até o fim do ano. O Auxílio Brasil deve subir de R$ 400 para R$ 600, e incluir famílias que aguardam na fila. Há também a criação de valores para taxistas e caminhoneiros e a ampliação do Auxílio Gás, entre outras medidas.

São necessários os votos favoráveis de 3/5 dos deputados federais para aprovar a PEC, ou seja, 308 votos. E no que depender dos deputados federais mais votados em Marília, tudo indica que a maioria será a favor da aprovação. Eduardo Bolsonaro, Capitão Augusto, Pastor Marco Feliciano e Tiririca são do mesmo partido (PL) do partido do presidente Jair Bolsonaro e naturalmente apoiam as iniciativas do governo federal.

Celso Russomanno e Vinicius Carvalho, do Republicanos, são pró-governo e também tendem a votar favoravelmente à aprovação da PEC.

Entre os votos incertos, estão os de Joice Hasselmann e Bruna Furlan do PSDB, e Kim Kataguri e Geninho Zuliani do União Brasil.