Desde 2014, mais de 62000 artigos.
,/2021

Maus motoristas e trânsito caótico

Coluna
13 de setembro de 2021

Recentemente, conversando com um amigo que mora em outra cidade, disse-me ele que estava estranhando o comportamento dos motoristas marilienses que dirigem muito mal, de forma irregular e desatenta, exigindo dos demais motoristas muita cautela e atenção para evitar acidentes. E, infelizmente, fui obrigado a lhe dar razão, embora não me convenci que apenas os marilienses são os que dirigem mal, já que esse fenômeno tem caráter geral, independentemente da cidade.

E, de fato, o que se nota com frequência, apenas a título de exemplo, é que grande número de motoristas e motociclistas, em pleno fluxo de trânsito, tem o mau hábito de convergir à direita ou à esquerda sem se importar com o acionamento do pisca-pisca, surpreendendo aqueles que vão na mesma direção.

Outros, em vias de duas faixas de trânsito, dirigem pelo meio da via, em velocidade reduzida, sem tomar conhecimento de outros motoristas que lhes seguem, mas que não podem ultrapassá-los. Outros param em fila dupla, como se essa conduta fosse a mais normal de todas, obstruindo a passagem dos demais. Em outras palavras, dirigir no caótico trânsito das nossas cidades é mesmo uma aventura irritante.

É verdade que a modernidade cuidou de despejar no mercado milhares de veículos de todos os tipos que passaram a ocupar as ruas e rodovias do país, disputando espaço com pedestres. Esse fenômeno social aponta a existência de muitos veículos e poucas ruas, já que as cidades não foram projetadas para receber tamanha carga de automóveis, caminhões, motocicletas e toda a gama de artefatos rodantes.

E haja espaço para todo mundo. De resto é sabido e consabido que o cidadão, ao volante de seu conduzido vê os demais motoristas como inimigos e que o trânsito representa uma guerra a ser vencida a qualquer custo. O importante é chegar na frente para satisfazer o ego. Essa particularidade psicológica do motorista brasileiro já foi constatada por inúmeros estudos a respeito.

A modificação da nossa conduta no trânsito complicado e caótico de nossas vias e rodovias, é de fundamental importância para minimizar os graves acidentes e problemas que surgem com a direção desleixada e competitiva dos nossos motoristas. Basta que adotemos as cautelas simples, porém necessárias, para uma condução correta, sem impor aos demais qualquer risco.

Assim, sinalize a manobra que for fazer, utilizando o pisca-pisca; não use o telefone celular enquanto dirige; mantenha distância segura do veículo que o precede; utilize somente uma pista da rua ou da rodovia; não responda a provocações de outros motoristas e, enfim, respeite a sinalização de trânsito. Assim você estará contribuindo para colocar um mínimo de ordem nessa farândola motorizada que nos aflige e atemoriza.