Desde 2014, mais de 34000 artigos.
,/2019

Criminoso morre após troca de tiros com a PM no centro de Marília

Polícia
11 de fevereiro de 2019

Perícia da Polícia Científica e viatura da Polícia Militar estiveram no local (Foto: Gabriel Tedde/Marília Notícia)

Uma quadrilha foi interceptada durante uma tentativa de roubo na Casas Pernambucanas na noite deste domingo (10) no centro de Marília. O criminoso Claudomiro dos Santos, de 56 anos, morreu após troca de tiros com a Polícia Militar.

Segundo o Boletim de Ocorrência, Claudomiro, o comerciante Peter Ishii, 37, e outro homem, ainda não localizado, pretendiam arrombar o cofre da loja localizada na rua São Luiz por volta das 21h.

Depois da invasão no prédio, o alarme disparou e os policias militares foram acionados para o local. Representantes da rede já estavam na loja e abriram a porta da frente para os policiais.

Em vistoria no prédio, um dos militares se deparou com o trio no setor de tesouraria e os criminosos tentaram fugir pelos fundos. Durante a tentativa de escapar, um dos bandidos disparou duas vezes contra o policial, que prontamente revidou.

Claudomiro dos Santos foi atingido, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Como a loja estava escura, o policial não soube identificar qual dos elementos atirou. Posteriormente, a arma de calibre 38 utilizada pelos criminosos foi encontrada com dois projéteis deflagrados.

Os outros dois comparsas conseguiram escapar da unidade, mas Peter Ihsii foi encontrado escondido embaixo de um veículo no cruzamento das ruas 15 de novembro e 9 de julho. Ele também estava com um ferimento de bala na perna esquerda, sem gravidade.

Ihsii foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital das Clínicas e depois para a Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde acabou autuado em flagrante. O último criminoso envolvido ainda segue foragido. O caso foi registrado como tentativa de roubo na Polícia Civil.

Claudomiro dos Santos (esquerda), de 56 anos, e o comerciante Peter Ishii, de 37, já eram conhecidos nos meios policiais (Foto: Divulgação)

Antecedentes

A dupla Claudomiro e Peter Ishii já eram conhecidos no meio policial por assaltos em joalherias e arrombamento de oficina mecânica.

Ambos residiam na região Norte da cidade, Claudomiro no Núcleo Jânio Quadros e Peter Ishii, que já cumpriu pena por roubo, tinha um box no Camelódromo e residia no bairro Palmital.

(Foto: Gabriel Tedde/Marília Notícia)