Desde 2014, mais de 55000 artigos.
,/2021

Marília tem novo recorde de internados e mais três mortes por Covid

Cidade
08 de janeiro de 2021

Boletim de Marília nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Marília, através de boletim epidemiológico, confirmou na manhã desta sexta-feira (8) mais três mortes por Covid-19. A cidade chega a 116 óbitos pela doença.

A primeira vítima é um homem hipertenso de 72 anos. Ele teve os primeiros sintomas respiratórios no dia 28 de dezembro e foi atendido na UPA da zona Norte.

Dia 4 de janeiro realizou exame com resultado positivo para Covid. No dia 6 apresentou agravamento do quadro e foi levado novamente até a UPA, onde veio a óbito.

A segunda vítima é uma mulher de 98 anos, portadora de doença neurológica crônica. A idosa teve os primeiros sintomas respiratórios dia 29 de dezembro, sendo avaliada por um médico que já a acompanhava.

Devido ao agravamento da situação, foi atendida pelo Samu no dia 5, indo a óbito pouco depois de ser socorrida. Foi coletado exame no mesmo dia, sendo que o resultado saiu como positivo para Covid nesta quinta-feira (7).

A terceira vítima é uma mulher de 68 anos, portadora de doenças cardiovascular e neurológica crônicas, diabetes mellitus e obesidade.

Ela teve início de sintomas no dia 26 de dezembro, sendo atendida no PA Sul e encaminhada ao Pronto Socorro da Santa Casa.

Posteriormente foi internada no Hospital de Clínicas no dia 31 de dezembro. Foi coletado exame com resultado positivo para Covid liberado no dia 6 de janeiro. Ela morreu nesta sexta-feira (8).

Novos casos

O boletim trouxe também a confirmação de 147 novos casos. Marília contabiliza 9.199 testes positivos desde o início da pandemia.

Do total, 8.758 estão curados e 325 em fase de transmissão da doença. O município tem 116 mortes e nenhum óbito é investigado no momento.

O número de pacientes internados teve novo recorde em 24 horas. Há 123 marilienses em hospitais, dos quais 53 são suspeitos e 70 estão positivados para a Covid-19.

A Vigilância Epidemiológica investiga 2.927 pacientes suspeitos e 29.018 casos foram descartados.