Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Coraini manda Sônia Tonin calar a boca em sessão na Câmara

Cidade
26 de maio de 2014

marioA sessão da Câmara de Vereadores de Marília, desta segunda-feira (26) a noite, foi marcada pela discussão áspera entre a vereadora Sônia Tonin e o vereador Mario Coraini. No tempo em que teria para discursar (10 minutos), Tonin falou sobre o jornal ‘Folha de Marília’, que segundo ela publica mentiras a seu repeito. A vereadora acusou Coraini, de ser um dos donos do jornal, já que seu filho, foi identificado por ela, como editor-chefe da publicação.

“Esse jornaleco, que se diz imprensa, me acusa de ter ganho o cargo de diretora de escola municipal em uma canetada, ora essa, eu sou concursada há 22 anos”, falava em alto tom. Sônia ainda citou a mulher do vereador, dizendo que a esposa de Coraini também é concursada para ser diretora, como ela.

Visivelmente irritado, Coraini esperou os 10 minutos para se manifestar. Quando o tempo acabou, Sônia Tonin continuou falando. Foi nesse momento em que o vereador explodiu e gritou “Acabou o tempo! Vão respeitar ou isso é a casa da sogra?”. Imediatamente ele subiu ao microfone e muito nervoso acusou Sônia Tonin de ter conseguido o cargo em um concurso interno. Disse que ela não merecia o cargo e chegou a mandá-la calar a boca, quando Sônia respondia aos gritos de sua cadeira.

Entre as frases que Coraini disparou estão: “Não admito você se comparar com a minha esposa. Você foi nomeada diretora por um decretozinho”, “Mentirosa é a senhora, quem tem uma vida limpa aqui sou eu”, “Está de acordo com o Camarinha que foi ladrão de merenda escolar! Se diz do povo mas vota aumento do IPTU, vota tudo o que o executivo quer”, “Jornaleco é o Diário de Marília que trabalha a favor do prefeito”, entre outras acusações. Mesmo após o discurso, eles ainda bateram boca rispidamente fora dos microfones por mais 5 minutos.