Desde 2014, mais de 48000 artigos.
,/2020

Conselho Tutelar de Marília tem renovação em 30% das vagas

Cidade
07 de outubro de 2019

Fila para votação ao Conselho Tutelar de Marília (Foto: Divulgação)

Entre os dez conselheiros tutelares em exercício hoje em Marília, sete foram reeleitos para o mandato de mais quatro anos. A renovação na eleição realizada neste domingo (6) foi de 30% dos quadros, com novos três conselheiros escolhidos pelos marilienses.

São eles Rodrigo de Oliveira – que foi o segundo mais votado (285 votos), André Luiz Martins (121) e Sebastião Teles de Menezes (115).

Entre os conselheiros atuais ficarão de fora do próximo mandato Luciana de Oliveira e Dário Aparecido Flauzino, que não concorreram, além de Silvia Helena Ribeiro, que não foi classificada na prova escrita.

Os demais integrantes, que foram reeleitos, por ordem de votos, são: Suelaine Matos (365), Rosemeire de Oliveira (217), Ana Paula Carmo (201), Sandra Regina da Silva (147), Liozina Saraiva (122), Vanessa Precioso (105) e Maria Aparecida Honjoya (92).

Ao todo, 3.314 marilienses foram às urnas. O salário é de R$ 3.462,75 mensais, com o compromisso de zelar pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, atuando em situações de vulnerabilidade, abandono e violação de direitos.

A organização da eleição para Conselho Tutelar – Marília conta com dois grupos de cinco pessoas – é do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

No entanto, a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Marília apoiou o colegiado na realização do certame. A chefe da pasta, Wania Lombardi, disse ao Marília Notícia que o balanço é positivo.

Sobre reclamações sobre longas e filas e demora para votação, ela explica que um número muito maior do que o esperado de eleitores acabou comparecendo. “Muita gente não levou título de eleitor e documento com foto, o que provocou alguns atrasos”, disse Wania.