Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Marília tem 1,4 mil focos em mato só neste ano

Cidade
11 de julho de 2022

O Corpo de Bombeiros foi chamado para atender uma ocorrência de fogo em mata neste domingo (10) na rua José Batista de Souza, na Vila Maria, zona Oeste de Marília.

Os moradores ficaram preocupados porque o fogo atingiu um poste de madeira, por onde passa a fiação de energia elétrica. A base do dispositivo ficou oca, pendeu e ameaçava cair.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, 1.494 ocorrências de fogo em mato já foram registradas na região de Marília. O número é quase 50% menor se comparado com o mesmo período do ano passado (quando foram registrados 2.937 casos), porém, como se trata de um ano atípico, que teve um período prolongado de chuvas, a situação pode se agravar nos próximos meses.

“Esse ano, as chuvas se estenderam por um período maior do que o comum, e isso se reflete diretamente nos números. Essas chuvas evitaram incêndios nesses meses, mas houve aumento da vegetação natural e agora, com o início da seca, o número de incêndios deve ser maior do que nos anos anteriores”, afirma o cabo Cleginaldo Rodrigues Pontes, do Corpo de Bombeiros.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que possui um portal de monitoramento de queimadas e incêndios, o período com maior incidência de queimadas vai de agosto a outubro.

Com relação ao poste que teve parte da estrutura queimada, uma equipe da CPFL esteve no local para providenciar o reparo.

PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS

Para prevenir os incêndios em vegetação, o Corpo de Bombeiros orienta que não sejam jogadas pontas de cigarros em locais inapropriados, principalmente nas beiras de rodovias. Veja outras dicas:

  • evite fazer fogueiras – as fagulhas podem ser levadas pelo vento e espalhar as chamas;
  • criança não deve brincar com fósforos e isqueiros;
  • não solte fogos de artifício próximo a áreas florestais;
  • nunca queime seu lixo, qualquer descuido pode ocasionar grandes incêndios;
  • se você vive em áreas rurais, mantenha seu terreno limpo , capine as cercas e divisas da sua propriedade;
  • separe as plantações com barreiras (caminhos) para evitar a propagação do fogo, caso isso ocorra.

Vale lembrar que o uso indiscriminado das queimadas em áreas rurais também pode ser considerado crime contra o Meio Ambiente.