Desde 2014, mais de 49000 artigos.
,/2020

Bauru confirma mais três mortes pelo novo coronavírus

Regional
01 de agosto de 2020

A Prefeitura de Bauru (distante 108 quilômetros de Marília) confirmou a morte de mais três pessoas com positivo para Covid-19, segundo boletim epidemiológico oficial de sexta-feira (31) do município, que passou a contar com 73 óbitos de pacientes positivos para a doença até agora.

As mortes são referentes a duas mulheres e um homem, com idades que variam entre 53 e 64 anos. Em todos os casos os pacientes apresentavam doenças associadas, as chamadas comorbidades.

Uma das mulheres, de 63 anos, teve sintomas a partir do último dia 16 e o resultado positivo saiu no dia 28. Ela morreu na quinta-feira (30).

A outra mulher, de 53 anos, morreu na sexta-feira (31) em um hospital particular. Ela era cardiopata.

E o homem de 64 anos era hipertenso, tinha diabetes e obesidade. Morreu no Hospital Estadual no dia 3 de julho, mas a investigação do caso só foi finalizada quase um mês depois.

Bauru registrou 165 novos casos em apenas um dia e contabiliza mais de 4 mil resultados confirmados de Covid-19 desde o começo da pandemia. Aguardam resultados 809 pacientes.

Assis

Sobe para 107 o número de casos da Covid-19 em Garça (34,8 quilômetros de Marília) neste sábado (1º). A Prefeitura alerta para a fase de aceleração da doença no município, assim como em outras cidades do estado e do país.

São 11 novos casos de Covid-19 no boletim epidemiológico, passando de 96 para 107 garcenses que foram contaminados pelo novo coronavírus no município.

Do total de casos positivos, 53 pessoas permanecem em isolamento domiciliar e outras 51 já estão curadas. A cidade registra ainda duas mortes provocadas pela doença.

Dos novos casos, seis pacientes são homens e cinco são mulheres. A maioria dos pacientes, nove no total, tem entre 21 e 48 anos de idades.

Somente dois são idosos, um senhor de 74 anos, que está em isolamento domiciliar, e uma senhora de 82 anos de idade, que foi internada na UTI do Hospital das Clínicas de Marília.

Também continuam internados em UTI, dois pacientes suspeitos da doença.