Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Banco de Leite Humano dá início ao Agosto Dourado dia 6

Cidade
03 de agosto de 2022

O Banco de Leite Humano preparou uma programação especial para Marília durante o Agosto Dourado, mês que tem por objetivo a promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. O objetivo é que não falte o alimento para os recém-nascidos das três UTIs neonatais existentes na cidade. Atualmente, são 27 crianças internadas.

De acordo com a enfermeira Sandra Domingues, são cerca de 80 doadoras. Apesar de o número parecer alto, nem todas conseguem doar grande quantidade, e as 27 crianças internadas no Hospital Materno Infantil (HMI), no Hospital Beneficente da Unimar (HBU) e na Santa Casa de Marília precisam do alimento todos os dias.

“Algumas conseguem doar só uma pequena quantidade por semana. Sabemos do esforço e agradecemos muito por isso. Por isso precisamos de um número maior de doadoras, para dar conta dos bebês que atendemos nas UTIs da cidade. Marília é referência no atendimento dessas crianças e é muito importante a doação do leite materno”, salienta Sandra.

A enfermeira revela que a programação especial para o Agosto Dourado tem início no próximo sábado (6), quando a equipe estará presente no Esmeralda Shopping, com um Posto de Informação.

No segundo sábado do mês (13), a equipe estará presente na “ilha” da rua Nove de Julho, próximo ao camelódromo. No sábado (20), o trabalho será concentrado no Marília Shopping.

No dia 27 de agosto, último sábado do mês, haverá um “mamaço” na praça da Emdurb, com várias mães amamentando os filhos ao mesmo tempo. A ação tem o objetivo de chamar a atenção da população sobre a importância do aleitamento materno. Na data haverá roda de conversa, apresentação musical e outros atrativos para quem participar.

Ainda durante o mês de agosto, nos dias de semana, uma equipe do Banco de Leite Humano apresentará uma peça de teatro chamada “Mamíferos”, nas escolas de Marília, para conscientizar as crianças e ensiná-las sobre a importância da amamentação.

“A ideia do teatro é mostrar para as crianças que os mamíferos mamam em suas mães. As crianças vão interagir com o cachorrinho, o gatinho, a onça, o urso, estimulando a criança na percepção que a amamentação é com a mãe de cada mamífero”, conclui Sandra.