Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Andarilhos defecam no Camelódromo e prejudicam lanchonetes do local

Cidade
22 de maio de 2014

camelodromo Proprietários de lanchonetes do Camelódromo reclamam de andarilhos, que estariam defecando em frente à antiga Upes (Unidade de Prevenção e Educação em Saúde) do Terminal Rodoviário Urbano. Coberto, o local serve de abrigo para moradores de rua e a Prefeitura estaria demorando para fazer a limpeza. “Só umas 10h é que os funcionários da Prefeitura fazem a limpeza do local. Até este horário é complicado, pois os clientes reclamam do mau cheiro. Muita gente deixa de comer salgado ou pede para embrulhar para viagem por conta desta situação”, ressaltou o comerciante Antônio Simão. Os andarilhos estariam chegando ao Camelódromo por volta das 22h e por lá passam a noite. “Como o banheiro fica fechado, eles urinam e defecam na frente da unidade de saúde desativada. No outro dia, além das fezes e do cheiro de urina, ainda ficam no local garrafas de pinga e restos de marmitas. É muito desagradável chegar todos os dias na minha lanchonete e me deparar com esta situação”. Simão diz ter procurado a Secretaria de Assistência Social, que passou diversos números de telefone a ele. “Me deram telefone de albergue, assistente social, secretário da Assistência. Liguei para todos e não obtive retorno. Por isso resolvi procurar o jornal”. O também comerciante João Otávio Marques salientou que a Prefeitura deveria abrir um abrigo mais perto do centro, diferentemente do que acontece hoje com a Fumares (Fundação Municipal de Assistência e Reinserção Social), que fica à margem da rodovia SP-333. “O problema é que a Prefeitura sempre espera alguém fazer algo e a situação fica como está. Torturar andarilhos não resolve nada”. Marques lamentou o problema de saúde que pode ser trazido com as fezes e urina dos andarilhos expostas. “É uma questão de higiene. Isso deveria ser tratado com mais cuidado pela Administração”. A Assistência Social Através da assessoria de imprensa da Prefeitura, a Secretaria Municipal de Assistência Social informou que nas próximas horas vai encaminhar equipes dos setores de abordagem social e do Centro Pop para verificarem a situação e tomarem as devidas providências.