Desde 2014, mais de 64000 artigos.
,/2021

Acusado de matar mulher é condenado em Assis

Regional
24 de novembro de 2021

A Justiça de Assis (distante 75 quilômetros de Marília) condenou Samuel Carlos Carriel a 14 anos, quatro meses e 24 dias de prisão em regime fechado, pela morte de Aurélia Lopes, em 17 de outubro de 2019.

“Em face do exposto, julgo procedente a ação penal para condenar o réu Samuel Carlos Carriel ao cumprimento de 14 anos, 4 meses e 24 dias de reclusão, no regime inicial fechado, por infração ao artigo 121, § 2º, incisos II e IV, este ultimo c.c § 2º-A, inc. I, todos do Código Penal. Incabível a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos, bem como a suspensão de seu cumprimento, tendo em vista a quantidade da pena e reincidência”, determina a decisão.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP), o acusado e a vítima conviviam amorosamente e, após discussão, ele teria se apoderado de uma faca e – na intenção de matar a vítima – desferiu ao menos três golpes contra ela.

O primeiro golpe atingiu o fígado; o segundo, o rim direito; e o terceiro, a aorta descendente. Após esfaquear a vítima, Samuel fugiu do local e vizinhos ouviram o pedido de socorro dela, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.