Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Abel Ferreira é eleito o melhor técnico português no exterior

Esportes
31 de maio de 2022

Abel Ferreira terá de encontrar espaço para alocar mais um troféu em sua gua galeria de conquistas. O técnico do Palmeiras foi eleito nesta segunda-feira o melhor treinador português que trabalha fora do seu país de origem na 56ª edição do prêmio CNDI, promovido pela associação de jornalistas esportivos de Portugal.

O comandante palmeirense superou, entre outros compatriotas, José Mourinho, que ganhou recentemente a Conference League com a Roma, Bruno Lage, do Wolverhamptom, da Inglaterra, Pedro Martins, do Olympiacos, da Grécia, Vítor Pereira, hoje no Corinthians, mas que foi indicado ao prêmio pelo trabalho à frente do Fenerbahce, da Turquia, mesma situação do botafoguense Luis Castro, ex-técnico do Al Duhail, do Catar.

“Agradeço este prêmio ao CNID e partilho-o com todos os treinadores que trabalham fora do seu país de origem”, escreveu o técnico nas redes sociais. Os compromissos com o Palmeiras impediram Abel de estar na premiação, realizada no teatro Miguel Franco, na cidade de Leiria. Hugo Cajuda, empresário do técnico, recebeu o troféu em nome do treinador.

O trabalho bem-sucedido à frente do Palmeiras, com o qual foi campeão da Libertadores (2020 e 2021), Copa do Brasil (2020), Recopa Sul-Americana (2022) e Paulistão (2022), fez com que Abel fosse reconhecido em seu país de origem e também fora dele.

Em Portugal, o técnico foi condecorado como Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, em cerimônia realizada com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a “Medalha de Ouro da Cidade e do Concelho de Penafiel”, sua cidade natal, do qual virou cidadão honorário, e também foi homenageado com o prêmio “Talento que Marca o Mundo”, promovido pela Liga Portuguesa.

Ele também ostenta o título de melhor treinador da América do Sul, dado em uma tradicional eleição anual realizada pelo jornal uruguaio El País. O português foi o primeiro europeu a vencer a premiação.

No Brasil, Abel também tem conquistas individuais. Em abril passado, o técnico tornou-se cidadão paulistano. A concessão do título foi concedida pela Câmara Municipal de São Paulo. Os vereadores aprovaram de forma unânime o Projeto de Decreto Legislativo (PDL), de autoria do vereador Toninho Vespoli (PSOL)

Abel Ferreira não havia conquistado títulos como treinador de futebol profissional até chegar ao Brasil para treinar o Palmeiras. Aos 43 anos, o treinador renovou seu vínculo com o time alviverde para permanecer no comando técnico da equipe até 2024. Sua família em breve se mudará a São Paulo.