Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

‘Sem Tomadas’ faz terceiro evento neste próximo sábado

Cidade
13 de julho de 2022

Acontece neste próximo sábado (16), a partir das 18h, a 3ª edição do evento cultural “Sem Tomadas”. O evento será realizado na praça localizada no cruzamento das ruas Hygino Muzzi Filho e Alcides Lajes Magalhães.

A iniciativa reúne artes visuais, tecnologia, projeções a céu aberto, música, dança, além de contar com exposições de artesanato e opções de comida e bebida.

O Sem Tomadas é uma ação de contrapartida do Edital Municipal nº02/2021, que premiou 26 grupos/artistas com atuação em Marília, destinando ao todo R$ 300 mil para a execução de projetos culturais em diversos segmentos como música, artes cênicas, artes visuais, arte urbana, literatura e audiovisual.

A primeira edição, que aconteceu em abril, contou com a participação de público variado. Crianças, jovens e adultos que puderam aproveitar as atrações ao ar livre.

Segundo a coordenação do evento, “a primeira edição foi um sucesso, a proposta de intervenção audiovisual casou muito bem com o espaço a céu aberto e as pessoas puderam experimentar um evento que propõe a ocupação de locais públicos de maneira consciente através da arte.”

Na primeira edição do evento foram mais de 20 expositores da feira Expo Acapulco, que fomentaram a economia local e promoveram acesso a artesanato, comidas, bebidas, botânica e afins. A participação da feira Expo Acapulco se repete nesta edição de julho, com início às 16h.

Como atração deste sábado, o evento contará com a colaboração do projeto “Level Beat”, que segue a estética sci-fi/retrô de música. Com muita tecnologia, são criados ambientes sonoros baseados em trilhas de filmes e games antigos de ficção científica e terror.

O projeto de Rodolfo Charelli está na ativa desde 2009 e já participou de trilhas de games e algumas obras publicitárias. Suas apresentações são uma mistura de suas músicas autorais com muito improviso, criando assim um ambiente totalmente novo em cada show.

PROJETO

O embrião do evento ocorreu em 2014 com a ocupação artística realizada na mesma praça das caixas d’água, as quais se tornaram grandes telas para a projeção artística.

O som ambiente ficou a cabo de uma caixa de som portátil. Toda a estrutura funcionou com um gerador (projeção) e com baterias independentes (som ambiente), de onde surgiu o nome “Sem Tomadas”.

Para acompanhar todas as informações do evento, consulte a página @sem_tomadas no Instagram.

(Arte: Divulgação)