Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Rezende volta a presidir o Poder Legislativo após 120 dias

Cidade
22 de maio de 2022

“Sou um vereador presente, não gosto de faltar e sempre trabalhei dia e noite por Marília”, disse Rezende ao MN (Foto: Arquivo/Câmara)

O presidente da Câmara Municipal de Marília, vereador Marcos Rezende (PSD), retorna à atividade legislativa nesta segunda-feira (23), após se afastar por 120 dias, desde 24 de janeiro, para se tratar e recuperar dos graves sintomas que sofreu ao contrair a Covid-19. Ele confirmou seu retorno e destacou que irá presidir a próxima sessão de segunda: “com muita alegria, bem de saúde e recuperado”, disse ao Marília Notícia.

Rezende foi internado na manhã de 24 de janeiro na ala de enfermaria da Santa Casa de Marília, após apresentar sintomas do coronavírus. Seu estado de saúde se agravou nos dias seguintes, tendo de ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva do mesmo hospital, precisando ser entubado no dia 2 de fevereiro.

No dia 26 de fevereiro o presidente do Legislativo foi transferido para o Incor em São Paulo para continuar seu tratamento. A transferência só foi possível após uma melhora clínica obtida na Santa Casa. No dia 7 de março ele foi desentubado e transferido da UTI para a enfermaria do Incor. Já no dia 17 daquele mês recebeu alta e voltou para a casa, para iniciar a recuperação das sequelas da doença e da hospitalização, com tratamentos de fisioterapia e fonoaudiologia domiciliar.

“Meu primeiro dia será normal, se assim Deus permitir, voltando com um ritmo não tão pesado, retomando a agenda diária devagar e analisando as principais demandas da população. Devo estar presente também na Solenidade de Lançamento da Pedra Fundamental do Campus Famema, no dia 28 de maio, sábado, às 10h, na avenida Tiradentes”, disse ele.

Segundo o parlamentar, sua prioridade será continuar a atender as pessoas que o procuram, trazendo demandas dos bairros, para assim intermediar um diálogo com o Poder Executivo, com a finalidade de promover as devidas soluções. “Vamos manter nosso trabalho fiscalizador, que é função do vereador, e continuar na condução da presidência, sempre de forma democrática e atendendo a cada vereador, com seriedade e responsabilidade”, declarou.

No período em que esteve afastado por motivos de saúde, a Câmara foi presidida de forma interina pelo 1° vice-presidente da Casa, o vereador Evandro Galete (PSDB).

De volta, Marcos Rezende afirma que, em conjunto com a diretora geral da Casa de Leis, Carla Farinazzi, e sua equipe, pretendem estudar possíveis novidades e, naturalmente, nos próximos meses, trará informações para a imprensa.

“Sobre meu afastamento, foram quase 120 dias, afinal fiquei dois meses em UTI me recuperando de sequelas da Covid-19, mas foi uma ausência provocada por força maior, infelizmente. Sou um vereador presente, não gosto de faltar e sempre trabalhei dia e noite por Marília, sendo um interlocutor entre população e prefeito municipal. O vereador tem que ser um ‘braço’ da comunidade”, concluiu.