Desde 2014, mais de 29000 artigos.
,/2018

Proporção de adolescentes grávidas no SUS volta a crescer

Cidade
09 de agosto de 2018

A proporção de adolescente grávidas nos partos feitos pelo Sistema Único de Saúde entre as moradoras de Marília voltou a crescer em 2018, depois de quatro anos consecutivos de quedas.

Os dados foram obtidos pelo Marília Notícia no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS) e dizem respeito ao período de janeiro a maio deste ano e também desde 2008.

Nos cinco primeiros meses de 2018 entre as 917 marilienses que tiveram filhos, 17,67% tinham entre 10 e 19 anos. O índice é maior do que os 16,68% verificados em 2017.

No Brasil, as mulheres entre 10 e 19 anos representaram 19,3% dos partos pelos SUS em 2018 e no Estado de São Paulo essa faixa etária é referente a 16,1% das gestantes. Ou seja, a situação mariliense fica entre os índices do estado e do país.

A última vez que houve aumento na participação de adolescentes entre as mães que tiveram seus partos pelo SUS no município foi entre 2012 e 2013, quando o índice subiu de 21,42% para 22,17% e depois voltou a recuar.

Por outro lado, existem períodos de crescimento da participação das mulheres entre 10 e 19 anos entre as gestantes de modo geral.

Em Marília foi o que houve entre 2008 (19,47%) – ano mais antigo com números disponíveis – e 2011 (22,25%). O aumento aconteceu ano a ano naquele período.

Um dos grandes problemas da maternidade precoce, de acordo com especialistas ouvidos pelo MN, envolve a evasão escolar, já que muitas jovens gestantes acabam abandonando a escola para poder cuidar dos filhos.

Menos de 14 anos

Já o número de meninas especificamente entre 10 e 14 anos que se tornam mães representa em média, levando em conta a última década, 0,99% das gestantes em Marília.

No entanto, houve um ligeiro aumento no índice em 2017 na comparação com o ano anterior, de 0,61% para 0,74%. Em 2016 ao todo 13 meninas de até 14 anos se tornaram mães, enquanto em 2017 foram 16.

Outras faixas etárias

Mais de 51% dos partos pelo SUS em Marília neste ano envolvem mulheres entre 20 e 29 anos. As mães entre 30 e 39 anos representam 28% das gestantes e entre 40 e 40 anos elas são 3,16%.

Nos últimos dez anos houve apenas um parto de mulher entre 50 e 59 e outro de mulher com idade entre 60 e 69 anos.