Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Polícia Civil pede laudos para investigar morte de bebê no HMI

Polícia
18 de setembro de 2014
10552456_488859001251388_6009176162581699545_n

Thais em um chá de bebê, dias antes de perder o filho

A Polícia Civil de Marília já começou a investigação para apurar o caso do bebê Arthur, que nasceu morto na última segunda-feira, dia 15. O caso foi noticiado em primeira mão pelo Marília Notícia.

De acordo com a família da auxiliar de escritório Thais Marcon, mãe da criança, a demora e o descaso no atendimento no Hospital Materno-Infantil (HMI) fez com que ela perdesse o bebê ainda na barriga.

Segundo o delegado seccional Luiz Fernando Quinteiro, os laudos do atendimento e morte de Arthur já foram requisitados ao HMI e IML (Instituto Médico Legal).

O inquérito policial será instaurado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e possivelmente as equipes médicas que atenderam Thais serão intimidas para depor. Veja a história completa aqui.

Uma missa em homenagem a Arthur será realizada no próximo domingo, 21 de setembro, às 19 horas na Igreja São Bento.