Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Padrasto abusa sexualmente de enteada de 15 anos

Polícia
26 de agosto de 2014
plantao4

Caso foi parar na polícia

Um caso revoltante de abuso sexual e maus-tratos contra crianças e adolescentes, veio à tona hoje, dia 26, em Marília. Duas meninas (15 e 12 anos) e dois garotos (14 e 7 anos) que moravam na zona norte da cidade, eram torturados pelo padrasto.

O caso foi censurado pela Polícia Civil e nenhuma informação foi divulgada, mas a reportagem do MN apurou que o Conselho Tutelar acabou descobrindo o que acontecia e denunciou o fato.

Segundo informações, cada adolescente tem a sua versão de como sofria nas mãos do homem. A garota de 15 anos contou que no último domingo (24), o seu padrasto sentou em cima dela e começou a esfregar as parte íntimas na menina. A mãe teria presenciado a cena, mas nada fez (segundo testemunhas próximas aos envolvidos, a mãe já se omite há algum tempo).

Já o adolescente de 14 anos diz que para poder brincar, precisa antes massagear os pés e as costas do padrasto, que o pune com extrema violência caso não sejam cumpridas as ordens.

As outras duas crianças reclamam de constantes surras, com tapas, socos e chutes. Os envolvidos estão agora sob responsabilidade do Conselho Tutelar e a Polícia Civil irá investigar o caso.