Desde 2014, mais de 31000 artigos.
,/2019

Natal é um mau momento para trocar de smartphone, aponta levantamento

Tecnologia
22 de dezembro de 2018

O Natal promete ser um momento ruim para trocar de smartphone. É o que aponta um levantamento da Precifica, que mostrou os celulares tiveram um aumento de preço de 24,2% entre os dias 1º de novembro e 11 de dezembro. Outra categoria que subiu no período foi a de TV e Vídeo, enquanto os jogos tiveram uma redução significativa no preço.

De forma geral, o levantamento da Precifica mostra que o preço médio de produtos no comércio eletrônico teve um aumento de 12,6% entre o início de novembro e o dia 11 de dezembro. Durante o período, foram analisados cerca de 8.053 produtos no sites de e-commerce no Brasil, incluindo marketplaces.

Entre as categorias a se evitar neste fim de ano, a principal é a de celulares e smartphones. O preço médio dos modelos era de R$ 1.401 no dia 1ºde novembro e sofreu variações até chegar a um valor de R$ 1.740 a duas semanas do Natal. Já a categoria de TV e Vídeo teve alta de 21,4% no mesmo período.

Por outro lado, alguns produtos apresentaram quedas durante as semanas analisadas. A categoria de brinquedos teve uma baixa de preço médio de 18,5% no período, seguida por eletrodomésticos com 2,5% de redução. No entanto, os produtos que mais ficaram baratos no período foram os jogos, que reduziram seus valores médios em 21,5%. Inclusive, a Sony, Microsoft e Steam estão fazendo promoções de games digitais em suas lojas.

Ainda de acordo com a Precifica, a maior queda do preço médio do comércio eletrônico foi registrada em 24 de novembro, dia seguinte à Black Friday. Nesta data, os produtos sofreram uma deflação de 9,9%. Já a maior alta foi registrada no dia 7 de novembro, com 32,3% em relação ao início do levantamento. Apesar da alta do preço, o Natal segue sendo a principal data do e-commerce brasileiro com previsão de faturamento de R$ 9,4 bilhões, segundo a Associação Brasileira do Comércio Eletrônico.

Fonte: Olhar Digital