Desde 2014, mais de 50000 artigos.
,/2020

Modernização da iluminação avança para bairro da zona Sul

Cidade
17 de setembro de 2020

Com nova iluminação Prefeitura vê aumento da segurança e também economia de energia (Foto: Divulgação/Prefeitura de Marília)

Após substituir a iluminação pública na avenida Tiradentes, que liga a região central à zona Sul, a Prefeitura de Marília – por meio de empresa contratada – vai trocar as luminárias da avenida Mem de Sá, uma das principais vias e ligação de bairros na região Sul. O serviço deve seguir pelos próximos meses e modernizar 3 mil pontos de iluminação.

A primeira via a receber a novo sistema – com lâmpadas de LED – tinha trechos com apagões e estava às escuras, nos últimos dias, conforme mostrou o Marília Notícia.

A nova iluminação, segundo a Prefeitura, tem o objetivo de acabar com pontos de escuridão, principalmente nas regiões periféricas.

A Prefeitura informou ainda que a avenida Tiradentes ainda tem algumas luminárias que serão substituídas nos próximos dias, mas será contemplada em sua totalidade pelo novo sistema.

A troca é feita pela Citeluz Serviços de Iluminação Urbana S/A, que será responsável também pela manutenção preventiva e corretiva, cadastro, identificação e modernização, incluindo o fornecimento de materiais do parque de iluminação pública do município. O contrato é de 12 meses e foi assinado em um valor total de R$ 11 milhões.

Ainda segundo a Prefeitura, serão implantados canais para atendimento a reclamações dos usuários e controles inteligentes por GPS.

Obra de impacto 

A obra é considerada de grande “impacto visual”, já que a mudança na qualidade é drástica, na comparação com a iluminação atual.

O desfecho para a licitação milionária – que teve várias contestações e entraves por mais de um ano – é considerado uma vitória da administração Daniel Alonso (PSDB).

Junto com a obra do esgoto, após ter conseguido reverter a perda de recursos, concluído uma bacia já iniciada e entregar outras duas, o governo apostava na modernização da iluminação urbana como “expressivo feito” na área de infraestrutura, para impressionar o eleitor.

Desde 2019

Em fevereiro do ano passado, os vereadores autorizaram a Prefeitura a abrir um crédito adicional especial no orçamento para comportar um financiamento no valor de R$ 14,9 milhões destinado a modernizar a iluminação pública da cidade.

Caso o custo fosse maior – o que não aconteceu – o restante seria pago com a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), paga mensalmente por todos os consumidores de energia da cidade desde 2013, quando a Câmara aprovou a tarifa.

A Prefeitura aposta que a obra “vai se pagar” com o tempo, já que as lâmpadas de LED devem resultar em expressiva economia de energia.

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Marília)