Desde 2014, mais de 54000 artigos.
,/2021

Marília volta a atingir ocupação total de leitos de UTI

Cidade
13 de janeiro de 2021

Informe da Secretaria Municipal da Saúde (Imagem: Divulgação/SMS)

Não há nenhum leito em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pelo Sistema Único de Saúde (SUS) disponível em Marília, caso haja necessidade, em decorrência da pandemia do coronavírus. A informação é da Secretaria Municipal da Saúde.

Marília atingiu o limite de capacidade pela terceira vez, em momento ainda mais delicado. Na terça-feira (12), cidades como Garça, Ourinhos, Paraguaçu Paulista e Santa Cruz do Rio também atingiram a totalidade de ocupação, com os indicadores regionais em aceleração.

Nesta tarde, todos os 56 leitos de UTI da rede pública – no Hospital Unimar, Santa Casa de Marília e Hospital das Clínicas – estavam ocupados.

Até o final de dezembro, quando o município deixou de informar o quantitativo de leitos na saúde complementar, a cidade comportava até 14 pacientes em terapia intensiva na rede privada.

Alerta vermelho

Com a antecipação da reclassificação do Plano São Paulo, para esta sexta-feira (15), o temor é que a região de Marília, com a indisponibilidade de letos de UTI, regrida à fase vermelha, com o fechamento de todas as atividades elencadas como não essenciais.

Municípios como Ourinhos e Santa Cruz do Rio Pardo já se anteciparam e decretaram restrições equivalentes à fase vermelha, para os próximos sete dias.