Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Marília registra aumento nos índices criminais, aponta a SSP

Polícia
27 de junho de 2022

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo divulgou, nesta última sexta-feira (24), os dados atualizados das ocorrências registradas em Marília de janeiro a maio de 2022.

A cidade soma dois homicídios. O número total de casos, no entanto, é menor no comparativo com os cinco primeiros meses de 2021, quando sete casos foram computados.

É possível notar ainda que, com exceção dos assassinatos, todos os outros índices apresentaram aumento em 2022. Com relação aos estupros, neste ano, Marília registrou 43 – contra 36 no período anterior.

As tentativas de homicídio acumulam dez de janeiro a maio de 2022, ante sete registros nos cinco primeiros meses de 2021.

Roubos foram 64 no ano passado e 67 neste ano. Em 2022, foram registrados 1.105 furtos em geral, 58 furtos de veículos e 407 lesões corporais dolosas. Já em 2021 ocorreram 834 furtos em geral, 53 furtos de veículos e 381 lesões corporais dolosas.

ZONA NORTE

A zona Norte registra um homicídio e possui duas tentativas de assassinato. A região tem a maior incidência de estupros com 18 casos, ou seja, 41,9% do total.

Quanto aos furtos em geral, a região tem 283 ocorrências. Além disso, 24,8% das lesões corporais dolosas foram na zona Norte, portanto, 101 ocorrências.

Os furtos em veículos foram oito e os roubos são 12 registros.

ZONA SUL

A zona Sul não registrou assassinatos e possui a maioria das tentativas de homicídio, três delas. A região tem também 115 registros de lesões corporais dolosas. São nove estupros, 14 roubos, 19 furtos de veículos e 327 furtos em geral.

ZONA OESTE

A zona Oeste registra um homicídio e três tentativas de assassinato, ocupando o primeiro lugar neste índice junto com a zona Sul. A região contabiliza a maioria das lesões corporais dolosas – 119 (29,2%), além de 12 estupros, 22 roubos, 11 furtos a veículos e 230 furtos em geral.

CENTRO

O Centro de Marília não contabilizou homicídios e registrou uma tentativa de assassinato. A região soma quatro estupros, 129 furtos, nove roubos, 26 lesões corporais dolosas e 11 veículos furtados.

ZONA LESTE

A zona Leste não registrou homicídios e tem uma tentativa de assassinato. A área contabiliza dez roubos, 136 furtos, 46 lesões corporais dolosas e nove veículos furtados.