Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Meningite faz 12 vítimas fatais nos últimos três anos em Marília

Cidade
09 de maio de 2022

Apesar de queda na incidência de casos de meningite em Marília nos últimos dois anos, um balanço divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde aponta que a cidade perdeu 12 marilienses para a doença desde 2019.

De acordo com os dados, nos últimos três anos, 80 pessoas contraíram algumas das variantes dessa doença, 12 delas foram fatais.

Segundo o secretário municipal da Saúde, Cassio Luiz Pinto Júnior, em 2019, o município registrou 30 casos, sendo 20 do tipo viral, seis de outras etiologias e quatro bacterianas – tipo mais perigoso -, este que atingiu vítimas de três, 11, 42 e 61 anos. “Destes casos, três vieram a óbito (um pelo tipo bacteriano, com vítima de três anos, mesmo vacinada com as três doses de meningo C e dois de outras etiologias)”, informa.

Em 2020, foram 31 notificações, sendo 20 virais, três de outras etiologias e oito bacterianas. “Neste ano foram cinco óbitos decorrentes da doença, sendo dois do tipo viral, uma de outra etiologia e duas do tipo bacteriano (uma criança de seis anos vacinada e outra de 12 anos)”, conta.

Em 2021 houve a queda brusca em torno de 30%, com registro de 19 casos, sendo 11 virais, três de outras etiologias e cinco bacterianas. Mesmo assim, o número de óbitos ainda foi alto, com quatro vítimas, sendo três pelo tipo viral e uma de outra etiologia.

Pela média mensal comparada, em 2022, o comportamento da incidência da doença na cidade se assemelha ao de 2021, com média de 1,6 caso por mês. Já foram registrados seis casos em quatro meses, sendo um do tipo bacteriano e cinco virais. “O primeiro óbito por meningite em Marília nesse ano foi do tipo bacteriano, [em vítima] com 45 anos que não foi vacinada”, conclui.