Desde 2014, mais de 41000 artigos.
,/2019

MAC perde mais uma e está praticamente rebaixado

Cidade
01 de março de 2015

macO MAC (Marília Atlético Clube) perdeu mais uma vez e está praticamente rebaixado para a segunda divisão. O Marília tomou um gol nos acréscimos e foi derrotado pela Penapolense por 2 a 1.

Após um jogo fraco na maior parte do tempo, mas emocionante em seus minutos finais, com dois gols depois dos 48 minutos do segundo tempo, o Penapolense deixou para o MAC a condição de único time sem vitória na temporada.

O JOGO

Marília e Penapolense iniciaram a partida deste sábado fazendo jus à posição de lanterna e vice-lanterna que ocupavam na tabela antes do início da rodada: errando muitos passes e pecando pela falta de objetividade, pouco conseguiram criar. A partida só melhorou quando o CAP passou a explorar os contra-ataques, obrigando o goleiro do Alviceleste Rodrigo Calchi a atuar como líbero em pelo menos duas vezes. Depois de acertar a trave, o Penapolense chegou ao seu gol em belíssima jogada em velocidade de Diego Rosa, que deixou Léo Melo sozinho para abrir o placar.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com o Penapolense em cima, criando chances, e com o goleiro Rodrigo Calchi fazendo “milagres” para salvar o Marília, como num chute de Arnaldo, à queima-roupa. A partir de então, o Penapolense se fechou na defesa para explorar apenas os contra-ataques e o Marília passou toda a segunda etapa dentro do campo adversário, pressionando, mas de forma desordenada.

Quando a partida se encaminhava para a vitória do CAP, o Marília chegou ao gol de empate, aos 48 minutos, na base do abafa: após cruzamento na área e bate-rebate, Leandro Costa empurrou para as redes, para delírio da torcida local. Na saída de bola, Sérgio Mota é lançado e o goleiro Rodrigo Calchi é obrigado a fazer falta na entrada da área. E quando o relógio marcava 50 minutos, Ronaldo Mendes cobrou falta com perfeição para garantir a primeira vitória do CAP: 2 a 1.