Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Laudo confirma morte violenta de homem em Marília

Polícia
01 de junho de 2022

Viaduto onde corpo foi encontrado (Foto: Marília Notícia)

Laudo necroscópico divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML) à Polícia Civil aponta que Reginaldo Aparecido Alves, de 35 anos, pode de fato ter sido submetido a uma morte violenta.

Como divulgado pelo Marília Notícia, o homem foi encontrado morto na manhã da última segunda-feira (30) em um barranco, entre o muro do viaduto da Vila Coimbra e o Cemitério da Saudade, na zona Oeste. Preliminarmente, já tinha sido possível constatar indícios de crueldade.

De acordo com o legista, a causa do óbito foi um golpe com objeto perfuro contundente, que entrou na base do nariz e atingiu até o meio do crânio. Como exemplo, o médico citou a possibilidade de uma chave de fenda. O objeto, no entanto, ainda não foi identificado ou localizado.

Por outro lado, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) afirma que descartou por completo a possibilidade de disparo de projétil por arma de fogo.

DIG investiga caso (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil agora trabalha para identificar o autor e a motivação do crime. O MN acompanha o caso.

CASO 

O corpo de Reginaldo Aparecido Alves foi encontrado por um popular, por volta das 9h30, que acionou a Polícia Militar (PM).

A identificação só foi possível através de um alvará de soltura que a vítima portava em um dos bolsos. O documento foi comparado à ficha de identificação civil.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar a vítima que estava em ponto de difícil acesso.