Desde 2014, mais de 50000 artigos.
,/2020

Justiça nega recurso e irmãos vão a júri popular por mortes

Polícia
12 de agosto de 2020

Local do crime, na rua Evaristo da Veiga (Foto: Arquivo)

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) negou recurso e manteve o júri popular para os irmãos Uiliam Roberto dos Santos e Lucas Giovan dos Santos, acusados de matarem Vitor Vinicius Araújo Brabo, de 19 anos, e Philipi Alisson Bernardes, 23.

O crime ocorreu em março do ano passado, no bairro Palmital, zona Norte de Marília.

Em setembro de 2019, Uiliam e Lucas haviam sido indiciados por duplo homicídio qualificado e pela tentativa de homicídio qualificada contra uma terceira vítima.

A defesa dos acusados apelou da decisão da Justiça local, mas por votação unânime os desembargadores da 4ª Câmara de Direito Criminal do TJ-SP rejeitaram o recurso. Os irmãos aguardam o julgamento em liberdade.

Vitor Vinícius Araújo Brabo, uma das vítimas do duplo homicídio (Foto: Arquivo Pessoal)

Entenda

Segundo denúncia do MP, por volta das 4h30 da manhã do dia 16 de março de 2019, na rua Evaristo da Veiga, os acusados mataram Vítor Vinicius Araujo Brabo e Phillipi Alissom Bernardes. A dupla ainda tentou assassinar Willian Ferreira Souto.

Os irmãos e as vítimas estavam em um posto de combustíveis na avenida Castro Alves, na zona Norte, quando ocorreu uma discussão entre o acusado Uiliam e Vítor.

Willian (com W), amigo dos rapazes assassinados, teria ido até o local em socorro a eles. Durante a briga no pátio do posto, Vítor chegou a sofrer golpes de capacete.

A Polícia Militar foi acionada e dispersou a briga. Os irmãos deixaram o posto andando, em direção à avenida República, mas foram perseguidos por Vítor, acompanhado de Phillip e Willian.

Já na rua do crime, a briga recomeçou e todos entraram em luta corporal. Lucas (um dos irmãos) teria sacado um canivete e desferiu golpes nas costas de Vítor. Willian e Philip tentaram ajudar o amigo e também foram feridos.

Vítor chegou a ser atingido mais vezes no abdômen por Uiliam, que estava armado com uma faca.

Gravemente feridos, Vítor e Phillip morreram no local. O amigo Willian acabou socorrido por outros colegas, que chegaram no endereço e atingiram os irmãos com uma barra de ferro.

Phillipi Alissom Bernardes faleceu no local (Foto: Arquivo Pessoal)