Desde 2014, mais de 40000 artigos.
,/2019

Justiça condena acusado de matar rapaz após briga em sinuca

Polícia
18 de outubro de 2019

Foi condenado durante julgamento que aconteceu nesta quinta-feira (17), Rodrigo da Silva Messias, acusado de matar Leandro Gonçalves, de 24 anos, em 5 de janeiro de 2013.

Rodrigo foi denunciado por homicídio simples com a qualificadora por motivo fútil, porém tanto Ministério Público (MP) quanto o advogado de defesa, Pedro Paulo Arantes Gonçalves Galhardo, sustentaram que ele deveria ser condenado apenas pelo crime de homicídio sem a qualificadora.

Os jurados acolheram a tese e Rodrigo foi condenado a seis anos de prisão em regime fechado.

O crime

De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP) o crime aconteceu na rua Miguel Pastori, no Jardim Teruel, na zona Sul de Marília por volta de 8h40.

A denúncia narra que poucas horas antes do crime, a vítima, em companhia de duas testemunhas, foi até um trailer de lanches localizado nas proximidades do Campus Universitário.

Lá Leandro encontrou o acusado e mais dois amigos dele. Todos tomavam cerveja e jogavam sinuca quando, em dado momento, Rodrigo e Leandro passaram a discutir em razão de uma partida de sinuca, ambos se provocaram e jogaram cerveja um no outro, partindo, na sequência, para luta corporal.

A briga foi apartada e todos foram embora. Rodrigo foi até sua casa e se apoderou de uma arma de fogo. Leandro fez o mesmo e, em seguida, foi com dois amigos até a casa de um deles, no Jardim Teruel.

Rodrigo munido da arma de fogo e na garupa de uma moto, dirigiu-se à casa no Jardim Teruel e chamou por  Leandro que saiu do imóvel também em posse de uma arma.

Rodrigo desferiu disparos contra a vítima atingindo sua coxa esquerda, causando a ruptura da artéria femural.

A vítima ainda tentou se defender, efetuando disparos contra o acusado, que conseguiu fugir. Em seguida, Leandro foi socorrido ao Hospital das Clínicas, mas foi à óbito cerca de cinco horas depois, em razão do ferimento.