Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Jovem é preso por atropelar grupo em festa junina

Regional
20 de junho de 2022

Um rapaz identificado como Luís Carlos Evangelista Neto de 20 anos foi preso por embriaguez ao volante, lesão corporal, resistência, desobediência e por trafegar em velocidade incompatível, na madrugada deste domingo (19), em Echaporã (distante 40 quilômetros de Marília).

A Polícia Militar patrulhava a festa junina que ocorria na cidade, quando por volta das 2h24, notou dois grupos de pessoas trocando ofensas. Eles começaram a se agredir até que foi necessário que os seguranças interviessem na situação.

Cada grupo se dirigiu para uma direção. Neto entrou no carro e passou a dirigir velozmente. Intencionalmente, o acusado investiu contra algumas pessoas, e atingiu cinco delas com o veículo.

Na sequência, o rapaz engatou a marcha ré e colocou o carro de frente para as vítimas, na intenção de atingi-las novamente. Um dos policiais se colocou na frente do automóvel e deu voz de parada.

O autor desobedeceu o comando e fez menção de que iria investir com o carro contra o policial, outros PMs e pessoas. O militar efetuou um disparo contra o capô do veículo com o objetivo de danificar o motor para que o acusado parasse. Neto, então, desligou o carro e desceu.

O acusado aparentava estar nervoso e agitado, com sinais de embriaguez. Com ele estava um passageiro, que estava na mesma situação. Neto disse aos policiais que perdeu a cabeça porque alguém tinha agredido sua namorada.

O jovem foi conduzido até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília. A polícia verificou que além de atropelar pessoas desconhecidas, o autor atingiu amigos. As vítimas não foram identificadas e deixaram o local, provavelmente por medo.

Os PMs entraram em contato com o Pronto-Socorro de Echaporã, mas não havia vítimas que deram entrada na unidade.

O exame clínico feito pela médica legista constatou que o rapaz estava embriagado e alcoolizado. Luís Carlos Evangelista Neto permaneceu à disposição da Justiça.