Desde 2014, mais de 59000 artigos.
,/2021

Ensino remoto segue pelo menos até o dia 25 de junho

Cidade
11 de junho de 2021

Aluno da “Emei 1,2… feijão com arroz”, em projeto incentivado pelas professoras a manterem alimentação saudável (Foto: Divulgação/Prefeitura de Marília)

O ensino vai continuar remoto em Marília. A decisão foi anunciada pela Prefeitura de Marília nesta quinta-feira (10). A prorrogação do Programa “Educação em Casa” ocorre, pelo menos, até o próximo dia 25 de junho e vale para o ensino infantil e fundamental, mantidos pela rede municipal.

Devido à antecipação do recesso escolar – que geralmente ocorre para marcar a mudança de semestre – a programação avança direto nos meses de junho e julho desse ano. Isso porque, na prática, as férias foram antecipadas para março, durante alerta de fase crítica da pandemia.

Sem férias, mas também sem acesso regular às escolas, as crianças precisam ainda mais da ajuda das famílias e dos professores para manterem o interesse nos estudos. Vale lembrar que parte dos alunos da rede municipal está em fase de alfabetização.

O secretário da Educação Helter Rogério Bochi explica que as escolas estão abertas. Porém, os servidores trabalham com uma escala especial, que visa atender presencialmente (e mediante agendamento) famílias com necessidades específicas, além de oferecer reforço escolar a alunos que não estão conseguindo acompanhar os conteúdos.

São fornecidos materiais impressos, quando há necessidade. Os alunos também recebem, em intervalos médios de 40 dias, kits de alimentação. Os itens são proporcionais ao consumo que haveria, caso as refeições estivessem sendo feitas na escola, e visam apoiar a segurança alimentar das famílias.

Servidores da pasta também mantêm a estrutura funcionando. Eles revisam equipamentos, fazem as manutenções e organização escolar, de acordo com as atribuições de seus cargos.

A ideia é que as escolas permaneçam em ordem, para eventual retomada, quando a medida for pertinente.