Desde 2014, mais de 46000 artigos.
,/2020

Contratos terminam e MAC reorganiza nova equipe para a A3

Esportes
20 de maio de 2020

A bola não rola no Abreuzão desde o dia 04 de março, quando o Tigrão empatou com o Rio Preto em 1 x 1 pela nona rodada da competição (Foto: Divulgação)

Com o aceno da Federação Paulista de Futebol de bola rolando no segundo semestre – ainda que o futebol tenha que se adequar a medidas de prevenção ao coronavírus – o Marília Atlético Clube (MAC) dá sequência ao planejamento para concluir o Campeonato Paulista Série A3.

A intervalo para que todos possam cuidar exclusivamente da saúde começou depois de onze rodadas da competição, deixando também prejuízos no esporte. As perdas ainda não foram calculadas, mas envolvem patrocinadores, bilheteria e direitos que o clube teria a receber.

Conforme apurou o Marília Notícia, o clube recebeu aportes e conseguiu honrar os salários dos jogadores, mas nesta quarta-feira (20) vencem os contratos de 24, dos 26 jogadores do clube. Quem parte, sairá sem pendências financeiras do clube.

O volante Levi e o lateral esquerdo Edu Pina têm contratos até novembro. A diretoria já anunciou renovação com os goleiros Thiago Moraes, Igor Castro e Felipe Mosquete.

Para volta aos gramados, o Tigrão ainda negocia com sete jogadores. Em reação aos outros 14, não houve acordo para permanência – seja por falta de desejo do clube ou por ofertas recusadas por atletas.

Para recompor, contratações já estão sendo cogitadas. Nove já teriam sido pré-contratados, mas o clube não revela os nomes. Somente quando estiver definido quem fica, entre os pré-contratados, o técnico Guilherme Alves deve revelar os reforços.

Pelo menos dois nomes já vazaram e são dados como certos por fontes do clube. O volante Leo Couto, do PSTC (Cornélio Procópio-PR) deve integrar o Tigrão, que poderá receber também o zagueiro Cristiano, do Goiânia (GO).

No caso da série A3, o grande empecilho para o término do campeonato estadual tende a ser mesmo as finanças dos clubes. Já na série A1, além do mesmo desafio, resguardadas as devidas proporções, os times terão ainda o apertado calendário do segundo semestre.