Desde 2014, mais de 31000 artigos.
,/2018

Carro desgovernado atropela quatro e causa uma morte no interior

Regional
25 de julho de 2018

Carro desgovernado atingiu nove motocicletas e um carro na Vila Toninho, em Rio Preto (SP). Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas (Foto: Gridânia Brait/TV TEM)

Um carro desgovernado atingiu nove motos e um automóvel e ainda atropelou quatro pessoas na noite desta terça-feira, 24, em uma rua movimentada de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. Um homem morreu e outros três ficaram feridos, dois em estado grave.

O condutor do veículo, que não teve a identidade divulgada, alegou ser diabético e ter desmaiado ao volante. O motorista foi levado ao plantão da Polícia Civil e acabou liberado após o pagamento de fiança.

O acidente ocorreu no início da noite na Rua João Urias Gomes, a principal da Vila Toninho, no setor sul da cidade. Testemunhas relataram que, após passar numa lombada em alta velocidade, o carro se desgovernou, atingindo motos e pessoas.

O pedreiro Antonio Rodrigues da Silva Sobrinho, de 50 anos, que estacionava sua moto, foi prensado pelo carro em uma árvore. Moradores fizeram massagem cardíaca, mas ele morreu antes da chegada do socorro médico. Outras três vítimas foram levadas para hospitais da cidade.

Temendo ser linchado, o motorista se refugiou no interior de um supermercado. Ele saiu do local duas horas depois, escoltado por policiais militares, e foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. O homem concordou em ceder material para exames toxicológicos e foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Ele também passou por exames em uma unidade de pronto-atendimento e, segundo a polícia, foi confirmada sua condição de diabético – a taxa de glicemia estava o dobro do normal.

Segundo a polícia, o motorista não aparentava sinais de embriaguez. O homem vai responder por lesões corporais e homicídio culposo (sem intenção de matar). O carro foi recolhido para perícia.

Na manhã desta quarta-feira, 25, uma das vítimas, de 40 anos, continuava internada em unidade de terapia intensiva do Hospital de Base. O quadro era considerado grave.

Outra pessoa ferida no acidente, um homem de 52 anos, está internado no mesmo hospital, em estado estável. Um pedreiro de 29 anos teve ferimentos leves e foi liberado após ser medicado na Unidade de Pronto-Atendimento do Jardim Tangará.