Desde 2014, mais de 54000 artigos.
,/2021

Avaliação de fazenda de político gera estranheza

Cidade
13 de janeiro de 2021

Mapa que faz parte da perícia realizada pela Justiça (Imagem: Divulgação)

Chamou a atenção de corretores de imóveis e de internautas o valor de avaliação de uma fazenda que a Justiça de Marília tentou vender em leilão, sem sucesso, em ação de execução do ex-prefeito Abelardo Camarinha (Podemos).

A Fazenda Santa Stella – localizada na vicinal entre Padre Nóbrega e Rosália – foi identificada como propriedade do cacique político, do filho dele, deputado Vinicius Camarinha (PSB) e da ex-esposa de Abelardo, Maria Paula Almeida Camarinha, mãe do parlamentar.

São 84 alqueires, avaliados pela Justiça em R$ 23,7 milhões. Apesar do elevado valor, em sua declaração de bens na eleição de 2018, Vinicius declarou propriedade de uma gleba de terras na fazenda da família, com valor de apenas R$ 90 mil.

Em outra penhora, motivada por ações trabalhistas, a mesma propriedade foi avaliada em R$ 7 milhões, três vezes menos do que na ação cível cujo leilão terminou sem lances.

Leilão

Sem interessados na primeira rodada – a partir de R$ 23 milhões – houve uma segunda tentativa de arremate, encerrada em 17 de dezembro. Na segunda oportunidade o valor do lance inicial teve redução de 30%, ou seja, a partir de R$ 16,6 milhões.

Um internauta questionou: “R$ 264 mil por alqueire? Não está muito acima do valor de mercado?”. Outro sentenciou: “Com um valor desses por alqueire não é pra vender mesmo”.

A reportagem do Marília Notícia entrou em contato com corretores da cidade, que em função do caso específico, preferiram não se identificar, mas confirmaram o estranhamento.

“Maioria das avaliações que realizei, tanto garantia para banco como judicial, em toda região aqui Centro-oeste, é difícil chegar nesse número”, disse um corretor com experiência na área.

“Tem petróleo nessa fazenda, não é possível. A média dessa região é R$ 60 mil ou R$ 70 mil o alqueire. Sem medo de errar”, disse outra fonte consultada pelo site.

A reportagem do MN entrou em contato com a empresa 1 2 3 Leilões, responsável pelo leilão que não se consumou. A empresa informou que poderá pedir a reavaliação da propriedade.

Perícia

Documento datado de junho de 2015, pelo engenheiro perito Sílvio Renato Bazzo Bertoncini, aponta que a área pode vir a se tornar urbana, o que justificaria a valorização.

A Fazenda Santa Stella fica a pouco mais de cinco quilômetros de Padre Nóbrega. As benfeitorias, como casa sede, casas de funcionários, garagem, pequenos barracões, – todos construídos há mais de 40 anos, foram desconsideradas pelo perito.

“Em pesquisa de mercado imobiliário realizado, pode ser definido o valor de R$ 220 mil o valor do alqueire, considerando dados relevantes como proximidade da área urbana, as divisas de área, topografia do terreno, passivos ambientais e áreas de preservação permanente”, escreveu o perito.